Foto: Divulgação

Manaus – Mirando a reeleição no Congresso Nacional, o deputado federal Zé Ricardo (PT) confirmou a inscrição da pré-candidatura nesta quinta-feira (19). O deputado esteve ao lado de algumas lideranças políticas do PT no Amazonas, que também recebeu o ex-deputado federal Francisco Praciano, que vai tentar uma vaga na Assembleia Legislativa do Amazonas.

A inscrição aconteceu na sede do Partido dos Trabalhadores (PT), onde o deputado entregou o documento ao Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) da sigla, com assinatura de apoiadores do Diretório Estadual, ao lado de Waldemir José, ex-vereador de Manaus, João Tayah, delegado de polícia, João Pedro, ex-senador, e Elton, enfermeiro, que tentarão uma vaga na Aleam.

Em discurso no evento, ele afirmou que o objetivo do PT é montar uma chapa forte para vencer as eleições, visto que o partido possui apenas um representante, tanto na Aleam quanto na Câmara Federal. “O PT sempre lança uma quantidade grande de candidatos para disputarem as eleições. Precisamos estar em diálogo interno e com os demais partidos para podermos ter uma chapa vitoriosa”, disse.

Antes disso, o deputado afirmou que a decisão de concorrer a reeleição ocorreu pela necessidade de fortalecer a Câmara dos Deputados na luta pelo desenvolvimento do país, principalmente, o Amazonas.

“Precisamos reverter todas essas políticas nefastas do governo Bolsonaro que levaram o país ao retrocesso e que prejudicaram, sobretudo, os trabalhadores brasileiros, com retiradas de direitos e prejuízos econômicos. É necessário também fortalecer o futuro governo que assumirá em 2023, com uma bancada forte para desfazermos todos os retrocessos causados pelo atual Governo”, destacou.

Outras candidaturas

O PT no Amazonas tem mostrado aos eleitores quem serão os pré-candidatos do partido. Além de Zé Ricardo, outro político que pretende concorrer à Câmara Federal é o vereador Sassá da Construção Civil. O vereador afirmou que o partido pode eleger dois deputados e destacou ter o próprio eleitorado, o “trabalhador operário, mais humilde”, enquanto que “os universitários e a classe mais elitizada” vota em Zé Ricardo”.

Já a disputa para a Aleam fica por conta do deputado Sinésio Campos e de Praciano. Mas conforme explicou o deputado Sinésio Campos ao Portal AM1 na última segunda-feira (16), a oficialização das candidaturas somente serão definidas após as convenções e, neste momento, os grupos estão sugerindo pré-candidaturas.