Os moradores da rua Antônio Lemos, na altura do bairro Açude, estão apreensivos com o risco de rompimento do Açude e, agora, foram obrigados a passar a noite no escuro. Segundo eles, a Coelba esteve na mencionada rua durante a tarde e desligaram a rede de energia e sequer foram comunicados sobre o desligamento. “Um absurdo. Agora temos que perceber a chegada da água pelo barulho, pois a escuridão imposta pela irresponsabilidade da Coelba nos impede de tomarem qualquer iniciativa de assegurar nossas vidas”, disse um morador.