Maria Katia Ferreira de Moura, de 31 anos, foi morta de forma violenta na noite de quarta-feira (08), em uma vila de apartamentos na Rua Airton Sena, bairro Teixeirão, zona leste de Porto Velho. A filha de 15 anos foi baleada.

De  acordo com o boletim de ocorrência, a vítima e o namorado estavam em um sofá na sala da casa, e no momento que a adolescente ia ao banheiro, um suspeito armado invadiu o local e surpreendeu as vítimas.
O criminoso teria chegado já atirando várias vezes, momento em que a adolescente saiu correndo e foi atingida com disparo que acertou a região das nádegas, transfixando a pele. Ao ver Katia ferida, o namorado saiu correndo para buscar ajuda, enquanto um vizinho a carregou para colocar em um carro, porém, a vítima desfaleceu, e a testemunha a deixou no chão do corredor dos apartamentos

Segundo um morador, ao escutar vários disparos, ele saiu para ver o que acontecia, e avistou quando o suspeito fugia correndo após cometer o crime. A Polícia Militar e o Samu foram acionados, em seguida, o médico fez a constatação do óbito e encaminhou a adolescente baleada ao Hospital João Paulo II

Durante os trabalhos periciais, foram verificados nove perfurações no corpo da vítima, sendo que dois tiros transfixaram os dois lados do peito, dois nos antebraços, um na perna e dois no ombro. Ao final do trabalho pericial o corpo foi removido ao IML pelo rabecão. Agentes da Delegacia de Homicídios estiveram no local e já deram início as investigações