A ‘Operação Extremus’ cumpre mandados de criminosos por homicídio, roubo a banco, tráfico de drogas e associação criminosa, na cidade. Sete pistolas foram encontradas em dois dias

Oito criminosos foram localizados por Unidades do CPR (Comando de Policiamento da Região Extremo Sul) da Polícia Militar e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público da Bahia durante a ‘Operação Extremus’ realizada, na terça-feira, 5/9, e nesta quarta-feira, 6, em Porto Seguro. A operação tem o objetivo de cumprir mandados por homicídio, associação criminosa, tráfico de drogas e roubo a banco, na região.

Sete armas de fogo, além de outros materiais ilícitos foram apreendidos com os suspeitos. Dos oito alvos, sete foram localizados depois de confrontos com a polícia e um foi preso. Equipes do 8° BPM (Batalhão da Polícia Militar), Rondesp Extremo Sul, da Cippa (Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental) e do Graer (Grupamento Aéreo) da PM apoiam as diligências.

O comandante do CPR-ES, coronel Luís Alberto Paraíso, contou que entre os criminosos três eram envolvidos com a morte de uma mulher e o ferimento de uma criança, no Distrito de Trancoso.

Eles eram especializados em roubo a instituições financeiras e em uma desses assaltos mataram a mãe de uma criança e feriram o menor. Grupo perigosíssimo que conseguimos interceptar. O objetivo da operação é cumprir a lei, mas infelizmente esses suspeitos acabaram atirando contra nossos policiais e precisamos reagir às agressões”, finalizou o oficial.

Compartilhe: