Nos últimos dias venho sendo perseguido por opositores políticos, quais andam dizendo que um filho meu, Rafael Correia da Silva, foi preso pela Polícia Militar de Poções e que eu teria pago a fiança e impedido a prisão.

Devido a isso, venho por meio desta nota declarar que não aprovo qualquer tipo de crime e ainda que um filho meu estivesse envolvido, eu jamais o defenderia.

Peço que a Polícia Militar e a Polícia Civil investigue o tal crime afinco e que os culpados paguem pelos seus erros.

Destaco ainda que opositores ao meu mandato de vereador estão tentando distorcer o caso com objetivo de me difamar.

Ressalto: se meu filho estiver envolvido em qualquer tipo de crime, eu jamais irei defendê-lo.

Que a justiça seja feita!

Vereador Carlos Careca.