No município, até o dia 15 de dezembro, serão testados mais de 200 profissionais da educação e alunos para pesquisa amostral.
A medida é entendida como garantia adicional de que as escolas estaduais e municipais podem reabrir e permanecer abertas com segurança para toda a comunidade escolar.
Com intuito de mitigar o risco de casos e surtos de Covid-19 nos ambientes escolares, o projeto aderido pelo município é da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde do Estado da Bahia (SUVISA), em articulação com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), por meio do projeto “Vigilância ativa COVID-19 na rede pública de educação do estado da Bahia”.