A esposa do pré-candidato à prefeitura de Salvador Giovani Damico (PCB) morreu neste sábado (25). Lude Montalvão Pereira Damico tinha 28 anos, era formada em psicologia e mãe de duas crianças.

A informação foi confirmada pelo próprio Damico. Em suas redes sociais, ele escreveu: “Eu não consigo nem acreditar que sua hora chegou tão cedo”.

A causa da morte não foi informada, mas o texto de Damico dar a entender que houve alguma complicação no parto da caçula deles.

“A vinda de Mei-li para o mundo nos trouxe uma enorme felicidade e infelizmente trouxe uma dor que seu corpo não pôde suportar”, escreveu.

Damico é militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e chegou a concorrer ao governo do estado nas últimas eleições, em 2022. Ele é professor de geografia da rede de ensino estadual e mestre em ciência sociais pela Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Compartilhe: