Aconteceu, nesta terça-feira (06/03), no Clube da AABB, em Poções, o Encontro Territorial, promovido pelo Cedasb – Centro de Convivência e Desenvolvimento Agroecológico do Sudoeste da Bahia, com o objetivo de reunir gestores públicos, secretários da pasta de educação, diretores de escolas, coordenadores pedagógicos e representantes de comunidades para debater sobre o acesso a água de qualidade para consumo das comunidades escolares através da implementação da tecnologia social “Cisternas Escolares” na perspectiva de uma Educação Contextualizada para Convivência com o Semiárido.                                                                                                                                             “Esse encontro é uma das atividades dentro desse projeto, que é um projeto da Articulação Semiárido Brasileiro, e nós do Cebasb somos a entidade executora. O intuito é socializar o que é, qual a pretensão, qual o cerne da questão e qual é o objetivo desse projeto, que além de levar água de qualidade para as escolas, é para difundir a Educação Contextualizada para Convivência com o Semiárido. Essa educação tem que ser vista como um instrumento de fortalecimento do homem e da mulher do campo”, comentou Eliene Almeida, coordenadora técnica do projeto Cisterna nas Escolas, do Cedasb.

 

 

Yuri Meira, secretário de educação de Poções, juntamente com o coordenador da Secretaria de Educação, o professor Rafael Brito, se fizeram presentes no encontro, além de representantes dos municípios de Boa Nova e Manoel Vitorino.

DECOM-PMP