O Brasil registrou 301 mortes por Covid e 51.265 casos da doença, nesta quarta-feira (8). Com isso, o país chega a 667.701 vidas perdidas e a 31.314.513 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

Com os dados desta quarta, a média móvel de mortes voltou a superar a marca de 100 óbitos por dia. Neste momento, a média é de 122 vidas perdidas diariamente, uma situação de estabilidade em relação aos dados de duas semanas atrás (ou seja, sem variações superiores a 15%). É a maior média desde 2 de maio, quando ela era de 126.

A média móvel de casos continua em crescimento acentuado. Agora a média é de 36.629 pessoas infectadas por dia, aumento de 112% em relação às informações de duas semanas atrás. Trata-se da maior média móvel desde 21 de março deste ano, quando ela era de 37.093.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Nesta quarta, o Brasil registrou a aplicação de 2.382.209 doses. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram aplicadas 13.807 primeiras doses e 54.234 segundas doses. Também foram registradas 6.485 doses únicas, 456.297 doses de reforço e 1.851.386 quartas doses.

Dessa forma, ao todo 178.674.128 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 166.593.188 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

A Bahia registrou primeiras doses negativas (-2.317). O Maranhão teve registro negativo de segundas doses (-1.551). Assim, o país já tem 83,17% da população com a 1ª dose e 77,55% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Até o momento, 95.072.044 pessoas já tomaram dose de reforço. Outros 3.983.485 tomaram a quarta dose da vacina.

Foram 301 mortes por Covid e 51.265 casos da doença, nesta quarta-feira (8), em todo o território brasileiro

O Brasil registrou 301 mortes por Covid e 51.265 casos da doença, nesta quarta-feira (8). Com isso, o país chega a 667.701 vidas perdidas e a 31.314.513 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

Com os dados desta quarta, a média móvel de mortes voltou a superar a marca de 100 óbitos por dia. Neste momento, a média é de 122 vidas perdidas diariamente, uma situação de estabilidade em relação aos dados de duas semanas atrás (ou seja, sem variações superiores a 15%). É a maior média desde 2 de maio, quando ela era de 126.

A média móvel de casos continua em crescimento acentuado. Agora a média é de 36.629 pessoas infectadas por dia, aumento de 112% em relação às informações de duas semanas atrás. Trata-se da maior média móvel desde 21 de março deste ano, quando ela era de 37.093.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Nesta quarta, o Brasil registrou a aplicação de 2.382.209 doses. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram aplicadas 13.807 primeiras doses e 54.234 segundas doses. Também foram registradas 6.485 doses únicas, 456.297 doses de reforço e 1.851.386 quartas doses.

Dessa forma, ao todo 178.674.128 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 166.593.188 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

A Bahia registrou primeiras doses negativas (-2.317). O Maranhão teve registro negativo de segundas doses (-1.551). Assim, o país já tem 83,17% da população com a 1ª dose e 77,55% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Até o momento, 95.072.044 pessoas já tomaram dose de reforço. Outros 3.983.485 tomaram a quarta dose da vacina.