Foram identificadas as três pessoas que morreram após um grave acidente entre uma van e uma carreta na BR-251, em Montes Claros, na noite dessa quinta-feira (15). Dez pessoas ficaram feridas e foram socorridas pelo Samu e Bombeiros.

A van transportava 11 pacientes do município de Janaúba que passaram por exames e consultas em Montes Claros. As vítimas fatais são:

Marcone Cleber Silva Oliveira, de 51 anos (Motorista da van e funcionário da Prefeitura)
Elizete Madalena de Jesus Vasconcelos, de 50 anos
Maria Hozelina Rodrigues dos Santos, de 64 anos

A Prefeitura de Janaúba divulgou nota de pesar e decretou luto oficial por três dias. Em nota enviada ao g1, o município destacou que uma equipe formada pelo prefeito, secretários e servidores acompanha a situação e parte dessas pessoas se deslocaram para Montes Claros com o objetivo de prestar apoio aos feridos e tomar as providências em relação aos óbitos.

De acordo com a Prefeitura, os corpos das três vítimas começam a ser velados na tarde desta sexta-feira (16) em locais distintos e os enterros acontecem no sábado.

O acidente

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o motorista da carreta contou que seguia da Bahia para São Paulo e que pararia para dormir em Montes Claros. Faltando pouco para chegar no local onde iria descansar, ele perdeu o controle da direção por motivos desconhecidos e o veículo deu um “L” na pista. A van seguia no sentido contrário e bateu na lateral da carreta. Chovia no momento do acidente.

Com o impacto, a van tombou sobre a pista e as três pessoas morreram no local. Elas ficaram presas às ferragens e foram desencarceradas pelos bombeiros após o trabalho da perícia. Nove passageiros foram resgatadas com ferimentos diversos e foram levadas para a Santa Casa e para o Hospital Universitário, em Montes Claros. A assessoria da Santa Casa informou que uma das vítimas que deu entrada na unidade recebeu alta e três pessoas permanecem estáveis. O g1 não conseguiu o estado de saúde dos outros feridos.

De acordo com os bombeiros, o motorista da carreta também foi levado para o hospital com ferimentos leves e quadro de hipertensão.

O trânsito na rodovia ficou interditado nos dois sentidos por mais de três horas. Houve derramamento de óleo na pista e os bombeiros jogaram serragem para eliminar os riscos de derrapagem.

Compartilhe: