[ Rui critica Herzem Gusmão por supostamente condicionar recebimento de policlínica: mesquinharia]Durante assinatura da ordem de serviço para a construção do Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas, na manhã desta sexta-feira, o governador Rui Costa (PT) criticou o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), que teria condicionado o recebimento da policlínica à possibilidade de indicar o diretor do consórcio.

“Eu que estou colocando R$24 milhões não estou indicando, quanto mais um prefeito dizer à cidade que só terá policlínica se ele indicar o diretor. É muita mesquinharia. Coisa de gente que não gosta de gente e que não sei por que está na política”, disparou. Rui trouxe o assunto em seu discurso e emendou: “Deveria dizer que aceita porque é para atender a população”