Rui Costa anuncia novo secretário da SSP-BA e chefe da Polícia Civil será uma mulher pela 1ª vez — Foto: Elói Corrêa / GOVBA

Rui Costa anuncia novo secretário da SSP-BA e chefe da Polícia Civil será uma mulher pela 1ª vez — Foto: Elói Corrêa / GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta quarta-feira (23), o juiz federal aposentado Ricardo César Mandarino, como novo secretário da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). Durante live nas redes sociais, o gestor do estado também confirmou que a delegada Heloísa Brito vai ocupar o cargo de delegada-geral da Polícia Civil, cargo ocupado pela primeira vez por uma mulher.

Rui Costa também anunciou o delegado Hélio Jorge como subsecretário da SSP-BA.

Ricardo César Mandarino é baiano, começou a carreira como delegado da Polícia Civil. O ex-magistrado, atuante na área criminal, é formado em Direito pela Universidade Católica de Salvador e já trabalhou nos estados de Sergipe e Pernambuco.

“Eu gostaria de falar da minha satisfação e da minha honra em ter sido convidado pelo governador Rui Costa para auxiliar na equipe, chefiar a Secretaria de Segurança. Para mim, é especialmente gratificante, porque eu comecei a minha carreira pública aqui, como delegado de polícia, no primeiro concurso que houve da polícia nos anos 70”, disse Mandarino.

“Depois eu fiz concurso para a Procuradoria da Fazenda Estadual, depois juiz federal e eu tenho um pezinho no Ministério Público, porque eu fui do Conselho Nacional do Ministério Público. Eu vou fazer o possível para trazer toda essa experiência para cá, para a gente trabalhar para que essa polícia continue sendo uma polícia boa, cada vez melhor, eficiente, humanista. Essa é a nossa proposta”, concluiu o novo secretário de segurança da Bahia.

Rui Costa anunciou o juiz federal Ricardo César Mandarino, como novo secretário da SSP-BA. — Foto: Elói Corrêa/ GOVBA

Rui Costa anunciou o juiz federal Ricardo César Mandarino, como novo secretário da SSP-BA. — Foto: Elói Corrêa/ GOVBA

O novo subsecretário Hélio Jorge tem cerca de 30 anos no funcionalismo público e já foi diretor geral da Polícia Civil.

Já Heloísa Brito era diretora da academia de polícia quando aceitou o cargo de Diretora Geral da PC. A nova delegada geral tem cerca de 25 anos na instituição.

“Para mim é uma honra enorme ser escolhida como a primeira mulher. A Polícia Civil é formada por homens e mulheres honrados, que se dedicam a essa nobre função, que é fazer polícia”, disse Heloísa Brito.

“Já passei por diversas funções dentro da instituição, plantonista, delegada titular, diretora de departamento, corregedora chefe, delegada geral adjunta e ultimamente estava exercendo a função de diretora da academia de polícia”, contou.

Rui Costa anunciou a delegada Heloísa Brito, como chefe da Polícia Civil — Foto: Elói Corrêa/ GOVBA

Rui Costa anunciou a delegada Heloísa Brito, como chefe da Polícia Civil — Foto: Elói Corrêa/ GOVBA

A nomeação de Ricardo César Mandarino, Heloísa Brito e e Hélio Jorge foi assinada nesta quarta-feira. Os três seguem nos seus cargos até domingo (27) e a cerimônia de posse acontecerá na segunda-feira (28).

O cargo de secretário da SSP-BA era ocupado por Maurício Teles Barbosa, exonerado um dia após a Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) deflagrarem uma nova etapa da Operação Faroeste, de combate a suposto esquema criminoso de venda de decisões judiciais.

Além de Maurício Barbosa, Gabriela Caldas Rosa de Macedo, que era chefe de gabinete da pasta, também foi exonerada do cargo, no dia 15 dezembro. Na operação, os dois foram alvos de mandados e afastados do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

No mesmo dia, foi publicada a nomeação de Ary Pereira de Oliveira para o cargo de secretário da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Ary Pereira, que era o subsecretário da pasta, assumiu o posto interinamente.