Desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (20) a Polícia Polícia Civil da Bahia iniciou a 12a fase da operação Unum Corpus em todo o estado da Bahia.

 A operação tem como objetivo tirar de circulação traficantes, homicidas, estupradores, assaltantes, acusados de violência doméstica dentre outros criminosos que possuam mandados de prisão em aberto.
 As ações ocorrem simultaneamente em mais de 400 municípios da Bahia, mais de 700 policiais civis fazem parte da operação.

Em Maracás, cidade localizada na região sudoeste da Bahia, três pessoas foram detidas, sendo elas dois homens e uma mulher, ambos suspeitos de tentativa de homicídio, além de outros 13 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, porém a polícia só conseguiu êxito em uma das diligências.

 No âmbito da operação, a 9ā Coordenadoria de Polícia do Interior (9ā Coorpin) prendeu 02 pessoas em Jequie; 01 em Manoel Vitorino;  01 Jitauna e 02 em Jaguaquara e deve divulgar notas informando os números exatos da operação ao longo do dia. A nossa reportagem segue atenta as informações.
NÚMEROS PARCIAIS DA OPERAÇÃO 
 
 Em todo o estado; apenas nas primeiras horas da operação; mais de 15 armas de fogo já foram apreendidas.
 Quase 90 mandados de prisão foram cumpridos, 42 referem-se a autores de crimes contra a vida. Envolvidos com o tráfico de drogas, acusados de estupro, violência doméstica e familiar e crimes contra o patrimônio estão entre os presos já alcançados nesta primeira Unum Corpus deste ano. As ações seguem ao longo do dia em todo interior baiano.
 A Unum Corpus nas suas 11 fases já prendeu 1.754 pessoas e apreendeu 311 armas de fogo.p
Compartilhe: