WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

FJS

prefeitura de pocoes


maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


ouro gas marcus solla acougues angelica

Porto Alegre quer elevar auxílio para R$ 1 mil a famílias afetadas

A prefeitura de Porto Alegre anunciou, hoje (21), novas medidas de auxílio às pessoas diretamente atingidas pelas consequências das chuvas do último mês, que destruíram grande parte do Rio Grande do Sul, incluindo a capital gaúcha.

Três das principais propostas detalhadas pelo prefeito Sebastião Melo dependem do aval da Câmara Municipal. Uma delas prevê aumentar o valor mensal do benefício Estadia Solidária de R$ 700 para R$ 1 mil e ampliar de seis para 12 o máximo de parcelas mensais pagas a cada família beneficiária.

Outra proposta que será encaminhada à Câmara de Vereadores por meio de Projeto de Lei busca ampliar dos atuais R$ 4 mil para até R$ 8 mil a faixa de renda familiar dos beneficiários do programa Compra Compartilhada, de subsídio financeiro municipal para a compra de imóveis de até R$ 235 mil.

A terceira proposta flexibiliza as normas de acesso ao programa municipal Bônus-Moradia, por meio do qual a prefeitura concede um bônus de R$ 127 mil às famílias vítimas de catástrofes climáticas para que adquiram um novo imóvel.

“Simplificamos o procedimento para ter mais agilidade e, assim, entregarmos de maneira mais rápida o imóvel que a pessoa escolher”, comentou a secretária municipal de Habitação e Regularização Fundiária, Simone Somensi, a respeito do Bônus-Moradia, durante entrevista coletiva que Sebastião Melo e membros da equipe de governo concederam esta tarde.

Parcelas do IPTU e ISS
A prefeitura também anunciou o cancelamento da cobrança das parcelas do Imposto Predial e Territorial Urbano [IPTU] de maio e junho para quem paga o tributo mensalmente, além de prorrogar, por dois meses, as datas de vencimentos do Imposto Sobre Serviços (ISS).

Segundo o secretário municipal da Fazenda, Rodrigo Fantinel, a finalidade das medidas relativas à cobrança dos tributos é “aliviar um pouco da situação dos nossos empreendedores e da população em geral”.

“Não é para toda a cidade. E só para [os moradores e comerciantes de] áreas efetivamente alagadas”, acrescentou Fantinel, elencando os bairros da capital cujos moradores foram impactados pelas chuvas e que têm direito a pleitear os benefícios tributários: Sarandi, Anchieta, Humaitá, Farrapos, São Geraldo, Navegantes, São João, Floresta, Centro Histórico, Praia de Belas, Menino Deus, Cidade Baixa, Vila Assunção, Cristal, Lami, Serraria, Arquipélago e Ponta Grossa.

“E vamos acompanhar a evolução do ISS. Se, posteriormente, acharmos que há mais espaço para mais prorrogações, as faremos. Mas, mais uma vez, é importante ressaltar que quem tem condições de seguir pagando [os impostos], os pague, porque isso nos ajuda demais”, pediu o secretário da Fazenda.

Outra medida municipal é a nova rodada do programa de recuperação fiscal RecuperaPoA. Criado em 2021, o programa autoriza a prefeitura de Porto Alegre a conceder descontos de até 95% sobre o valor dos juros cobrados de dívidas e impostos municipais atrasados, nos casos em que o contribuinte quitar o débito à vista até o próximo 31 de julho.

“A ideia é captarmos recursos para usar no enfrentamento às demandas que estão chegando”, explicou Fantinel ao destacar que a prefeitura prevê “um cenário complicado do ponto de vista financeiro”. “Vamos ter uma pressão muito forte por serviços, pois precisamos reconstruir a cidade. E, ao mesmo tempo, há grandes chances de termos perdas expressivas de arrecadação já que muitas empresas foram atingidas e não conseguirão, de uma hora para a outra, voltar a recolher [os tributos] que recolhiam”, comentou o secretário, revelando que a prefeitura já vem recebendo inúmeros pedidos de cancelamento da cobrança de impostos de áreas atingidas pelas chuvas.

Compartilhe:

Lula sanciona lei que impõe sigilo sobre vítima de violência doméstica

Presidente da República também sancionou texto que garante prioridade ao transporte de órgãos destinados a transplantes. Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou, nesta terça-feira (21), uma alteração no texto da Lei Maria da Penha para impor sigilo sobre a identidade da vítima em processos que apuram crimes de violência doméstica. A informação é de uma matéria do Metrópoles.

O Metrópoles aponta que o texto foi aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado, e define que o sigilo não abrange os dados do suspeito, nem outras informações relativas ao processo. A medida, proposta pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES), busca preservar a imagem da vítima e estimular denúncias.

Ainda segundo o Metrópoles, outra medida sancionada pelo chefe do Palácio do Planalto nesta terça-feira (21) diz respeito à prioridade no transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo para transplante. O Projeto de Lei 2288/15, do Senado, estabelece que órgãos públicos e empresas privadas, que operem qualquer veículo por via terrestre, aérea ou aquática, deverão dar prioridade ao transporte de materiais destinados ao procedimento.

A medida permite que empresas cancelem reservas de passageiros para garantir o transporte, sem precisar responder por descumprimento de contrato, acrescenta o Metrópoles.

Compartilhe:

Homem oferece flor a jovem, coloca-a na garupa da moto e ela é encontrada morta afogada

Câmeras de segurança filmaram Osvaldo Pereira de Sousa, de 66 anos, e Pâmela Carneiro de Araújo, de 19, em uma moto antes da jovem ser encontrada morta às margens de uma represa. O delegado Carlos Alfama explicou que Osvaldo, preso suspeito do crime, usou uma flor para atrair Pâmela, que tinha uma deficiência mental, a subir na garupa.

“Então ele mantém uma conversa com ela durante alguns minutos, percebendo essa deficiência mental dela. Ele oferece uma flor para ela, usando essa flor para atrai-la, atrair a confiança. Depois, coloca a Pamela na garupa da moto e a leva para o local em que ela foi encontrada morta”, explicou Alfama.

À Polícia Civil de Goiás (PC-GO), Osvaldo confessou que levou Pâmela ao local onde o corpo foi encontrado, mas negou que tenha a matado, segundo o delegado.

Carlos Alfama explicou que, segundo Osvaldo, ele teria ficado com Pâmela perto da represa por 15 minutos e depois a deixado sozinha. O delegado disse que questionou o suspeito sobre o motivo de um homem de 66 anos pegar uma jovem de 19 com deficiência mental e levá-la para um local afastado.

“Ele falou que se preocupava com ela. É uma narrativa que não faz sentido. Temos a certeza de que ele a levou para lá para tentar estuprá-la. Ela deve ter resistido, então ele a agrediu, asfixiando, e causando a morte da Pamela”, completou Alfama.

As marcas da violência foram constatadas pelo laudo da Polícia Científica. Segundo o delegado, a causa da morte foi afogamento, mas Pâmela tinham lesões na boca e no corpo, feitas antes e depois da morte.

“Nós acreditamos que ele tentou silenciá-la, apertando a sua boca, a lesionando nesse momento, e depois a jogou dentro da represa em que ela foi encontrada morta”, pontuou o delegado.

Segundo a PC-GO, foi coletado material genético (DNA) do investigado, para comparação com material biológico encontrado sob a unha da vítima. A polícia apreendeu também as roupas e o capacete que o suspeito usava no dia do crime, o celular dele e a moto.

O crime

Na época do crime, Letícia Adriany, irmã da vítima, contou que Pâmela não saía sozinha de casa devido a uma deficiência mental. A família, que mora no setor Belo Horizonte, denunciou o desaparecimento da jovem no dia 13 de março e o corpo de Pâmela foi encontrado no dia 14, em uma zona rural, no setor Residencial Campos Elísios.

Desaparecimento

Após o desaparecimento, Lucas levy, irmão de Pâmela, contou sobre a jovem não sair de casa sozinha. “Ela tem a mente de criança e não podia sair de casa sozinha. Ela ia na porta e a gente ia atrás dela”, conta. No dia em que ela desapareceu, ele estava com ela em casa e, por causa de uma cirurgia, não viu quando ela saiu.

Ao dar falta da irmã em casa, Lucas começou a procurá-la e chamou a mãe e outra irmã para ajudá-lo. “No mesmo dia a gente procurou ela em todo lugar aqui no setor e já chamou a polícia”, lembra. Segundo a irmã, Letícia Adriany, ela foi vista pela última vez na esquina de casa na noite do dia 13.

Adriany explicou que, no dia 14, recebeu uma ligação do Instituto Médico Legal (IML) pedindo para que ela fosse até o órgão. “[A Pâmela] foi encontrada sem vida, boiando em uma represa e só de short e sutiã. O blusão, a blusa e o celular dela estavam jogados perto de onde foi encontrada”, detalha a irmã.

Compartilhe:

Soldado Desaparecido por 37 Dias Encontrado Sem Vida: Mistério e Dor Envolvem Crime!

Morto após sofrer um acidente de carro na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Mairinque, na madrugada do último sábado, o cantor sertanejo Guilherme Leon, de 32 anos, voltava da cidade de Goiânia, onde havia ido realizar o sonho de assinar o primeiro contrato com uma gravadora. Leon dirigia na pista sentido Sorocaba quando outro carro acessou a contramão e colidiu com o veículo dele.

O cantor chegou a ser socorrido, mas não resistiu. O condutor do outro veículo, que admitiu estar alcoolizado no momento do acidente, deve responder por homicídio culposo.

A mulher de Guilherme estava com ele no momento do acidente. Ela teve ferimentos leves e foi levada ao hospital. O motorista do veículo que invadiu a contramão fugiu do local sem prestar socorro, mas foi preso pela Polícia Civil de São Paulo após investigações.

Guilherme Leon usava as redes sociais para divulgar o trabalho com a música há pelo menos três anos. Durante a carreira, ele participou de eventos locais, fez parcerias, se apresentou em shows e programas de rádio. Há pouco mais de um mês, chegou a divulgar o calendário de apresentações atualizado.

Há quatro dias, divulgou a gravação de uma nova música. No dia seguinte, publicou uma foto em que aparece assinando um contrato. “E assim assino meu primeiro CONTRATO. Deus sempre foi fiel e quem espera sempre alcança”, escreveu na legenda.

À polícia, o condutor do veículo que causou o acidente afirmou ter deixado o local por precisar de ajuda médica, já que também estava ferido. A delegacia de Mairinque segue com investigações para apurar as circunstâncias do acidente.

Compartilhe:

Convite: lançamento da pré-candidatura do professor Josimar na região do mulungu l.

Compartilhe:

Prefeitura de Boa Nova Marca Presença no AVISTAR BRASIL para Promover Roteiro de Observação de Aves

Com o objetivo de promover Boa Nova como um destino de destaque para a observação de aves tanto no cenário nacional quanto internacional, a Prefeitura Municipal enviou dois representantes para a 17ª edição do AVISTAR BRASIL. Este evento, reconhecido como o maior encontro de observação de aves da América Latina, está sendo realizado na Cidade Universitária da USP, em São Paulo-SP, desde o dia 17 de maio e se estende até o dia 19 de maio.

Os representantes de Boa Nova, Márcio Celes, secretário municipal de Administração, e Charles Henrique Reis, diretor municipal de Cultura, Turismo e Esportes, estão participando ativamente do evento. Além de promoverem Boa Nova, eles estão integrados ao estande da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur-BA). Na manhã do dia 18 de maio, durante a programação do evento, a Setur-BA lançou oficialmente o roteiro baiano de observação de aves, incluindo o Caminhos do Sudoeste, do qual Boa Nova faz parte.

Importância do Evento para Boa Nova

O AVISTAR BRASIL oferece uma oportunidade ímpar para estabelecer contatos valiosos no setor de ecoturismo. Márcio Celes e Charles Henrique Reis destacaram a importância dessas interações, ressaltando o potencial de aprendizado proporcionado pelos estandes, palestras e workshops presentes no evento. A troca de experiências e conhecimentos é fundamental para fortalecer e expandir as iniciativas de ecoturismo em Boa Nova.

Lançamento do Guia de Aves de Boa Nova

Um dos momentos mais significativos do evento foi o lançamento do Guia de Aves de Boa Nova no estande da Setur-BA. Este projeto, realizado pela Tropicália Transmissão de Energia S.A., contou com o apoio do IBAMA e do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. O guia, produzido pelo fotógrafo e designer Renato Rizzaro, apresenta fotos de alta qualidade e informações detalhadas sobre as aves que ocorrem em Boa Nova.

Durante o evento, Márcio Celes confirmou, em conversa com Rafaela Rodrigues, organizadora do guia pela Tropicália, que o lançamento oficial do folder em Boa Nova acontecerá no Lajedo dos Beija-flores na segunda quinzena de junho, com a data ainda a ser definida.

Presença e Participação de Marcos Holanda e Ester Ramirez

Além dos representantes oficiais da Prefeitura, Boa Nova também está sendo representada no AVISTAR BRASIL por Marcos Holanda e Ester Ramirez, proprietários do Lajedo dos Beija-flores. Ester Ramirez, uma fotógrafa de aves de renome internacional, contribuiu com suas fotos para o Guia de Aves de Boa Nova e participa do evento como palestrante. Sua presença assegura uma ampla divulgação do município, atingindo tanto o público nacional quanto internacional.

Conclusão

A participação de Boa Nova no AVISTAR BRASIL reflete o compromisso da Prefeitura em promover o ecoturismo e valorizar a biodiversidade local. Através da divulgação no maior evento de observação de aves da América Latina, Boa Nova se posiciona como um destino imprescindível para os amantes da natureza e da observação de aves, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e o reconhecimento da região como um importante roteiro turístico.

Compartilhe:

Aliados de Bolsonaro se aproximam de favorito de Lula à presidência da Câmara; veja bastidores

Considerado o favorito do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a disputa pela presidência da Câmara, o líder do PSD, Antônio Brito, ganhou a simpatia de aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro nas últimas semanas. O parlamentar baiano estreitou o diálogo com o PL, maior partido da Casa, enquanto seu adversário na corrida, Marcos Pereira (Republicanos-SP), foi novamente rejeitado por Bolsonaro, como revelou a Coluna do Estadão.

Brito apresentou um projeto de resolução para dar o nome de Amália Barros ao prêmio de inclusão da Câmara. A proposta aconteceu após ele conhecer pessoalmente ex-primeira dama Michele Bolsonaro no sepultamento da deputada do PL, que faleceu no dia 12 de maio. O gesto foi bem recebido pelo grupo.

O deputado baiano também atendeu a um pedido da bancada do PL pelo adiamento da votação do projeto que regulamenta o streaming no Brasil, que seria votado na semana passada. Sabendo da posição da direita contra a proposta, Brito chegou a levar a ala bolsonarista do seu partido para uma visita à liderança do PL. O líder do PSD ainda sinalizou que liberaria sua bancada quando o texto fosse votado no plenário.

Na avaliação desses bolsonaristas, os gestos contrastaram com o movimento feito por Marcos Pereira, que é presidente do Republicanos e declarou apoio à regulamentação das redes sociais, outra proposta que encontra forte resistência entre os conservadores. A declaração levou Bolsonaro a sepultar qualquer chance de apoiar ou liberar a adesão de aliados à candidatura de Pereira.

Nos bastidores, deputados interpretam que a estratégia de Brito é tentar vencer como “candidato de todos, mas contra ninguém”. Quer apoio do Planalto, mas afirma aos pares que não será subserviente ao presidente Lula. Quer apoio da oposição, mas não há chances de atrapalhar a vida do governo, principalmente em temas econômicos, pois seu partido tem três ministérios: de Minas e Energia, da Pesca e da Agricultura. O desafio dele será garantir o apoio do Centrão, grupo que tem Elmar Nascimento (União-BA) como candidato natural.

Compartilhe:

Forró da inclusão, sábado.8.Junho a partir das 21H

Compartilhe:

Poções: A festa do Divino de 2024 quebra recorde de público

 

A Festa do Divino de 2024 em Poções, Bahia, vem sendo destaque em toda a região, e por onde se passa, todos falam muito bem. Este ano de 2024 vai ficar na história, com grandes atrações de peso se apresentando. Toda a organização da festa mandou muito bem, montando uma megaestrutura que chamou a atenção de todos. Todos os que estavam na festa estão parabenizando toda a equipe organizadora, bem como a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros. A organização de segurança foi muito bem montada, fazendo com que todos se sentissem seguros.

A Festa do Divino de 2024 em Poções-BA realmente se destacou como um dos eventos mais memoráveis da região. A cada esquina, os elogios são unânimes: a festa foi um sucesso absoluto! Com atrações de renome nacional e internacional, o evento atraiu uma multidão animada e satisfeita, consolidando Poções como um grande polo de cultura e entretenimento.

A megaestrutura montada para a festa foi um show à parte. Com palcos bem equipados, iluminação de última geração e um sistema de som impecável, todos os detalhes foram cuidadosamente planejados para proporcionar uma experiência inesquecível aos participantes. A decoração temática e os espaços de convivência também foram muito elogiados, criando um ambiente acolhedor e festivo que agradou a todos.

A segurança do evento foi outro ponto alto, sendo amplamente reconhecida pelo público. A presença constante da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros garantiu um ambiente tranquilo e seguro para que todos pudessem aproveitar a festa sem preocupações. A equipe organizadora está de parabéns por sua competência e dedicação, que resultaram em uma festa harmônica e cheia de alegria. Que venha a próxima edição, com ainda mais expectativas e sucesso!

Compartilhe:

Rui Costa trabalha para voltar ao governo da Bahia, diz site

Os integrantes do primeiro escalão do governo Lula já estão se movimentando para as eleições de 2026. Entre eles, o chefe da Casa Civil, Rui Costa (PT). O plano de Rui seria disputar o pleito para tentar retornar ao comando do governo da Bahia, de acordo com a coluna de Andreza Matais, no UOL.

Caso a manobra seja feita, o atual governador, Jerônimo Rodrigues (PT), abriria mão de disputar a reeleição e, possivelmente, concorrer a uma vaga no Senado. Jerônimo teria que renunciar ao mandato para disputar ao Congresso Nacional.

Compartilhe:



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia