Esdras Raimundo Silva dos Santos estava com prisão temporária decretada por matar um homem, em março deste ano, na Mata EscuraO homicida Esdras Raimundo Silva dos Santos, de 25 anos, teve seu mandado de prisão preventiva cumprido por policiais da Coorpin de Feira de Santana. Esdras é apontado como um dos autores de diversos homicídios ocorridos na região de Mata Escura, juntamente com seu irmão Moisés Silva dos Santos, que era o 2 de espadas do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública (SSP), até ser preso no inicio deste mês.
Esdras, que foi encaminhado para ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta quinta-feira (30), negou o envolvimento na morte de Cleriston Andrade de Oliveira, na Rua da Fonte da Bica, na Mata Escura, em 20 de março. Este foi o crime pelo qual a Justiça decretou a prisão preventiva dele.
Porém, segundo o delegado Juvêncio Mendes, da 2ª Delegacia de Homicídios (2ª DH/Central), Esdras é apontado pelas investigações do departamento como o autor de diversos homicídios ocorridos na região da Mata Escura, a exemplo de Eduardo Juliano de Jesus, morto em 26 de junho, e um duplo homicídio ocorrido no dia seguinte, contra Anderson Brandão de Oliveira e Breno dos Santos Conceição.
Prisão
Moisés estava escondido no distrito de Humildes, desde que passou a ser procurado pela Polícia. No dia 24, por meio de uma denúncia anônima, equipes da 1ª Coorpin/ FSA encontraram o criminoso e o prenderam. Desde então ele está no sistema prisional daquela cidade.