A Polícia do Rio Grande do Sul prendeu Márcio Geraldo Alves Ferreira, 34 anos, o Buda, um dos generais do PCC (Primeiro Comando da Capital), acusado de participar do assalto a banco em Cricíúma (SC) na madrugada da última terça-feira (1º). A prisão dele em Gramado (RS) é o primeiro elo revelado entre a operação da quadrilha em Santa Catarina e a facção criminosa originada em São Paulo. Segundo a Polícia Civil de São Paulo, além de Buda também foi preso Francisco Aurílio Silva de Melo, conhecido como XT. O integrante do PCC foi acusado de tentar matar o delegado Rui Ferraz Fontes, hoje delegado-geral da Polícia Civil paulista. Na época, Fontes era titular do 69º DP (Teotônio Vilela… –