WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes



maio 2022
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: ‘saúde’

Pós-Carnaval não afeta quadro, e UTIs para Covid continuam esvaziadas

Pós-Carnaval não afeta quadro, e UTIs para Covid continuam esvaziadas

Imagem ilustrativa | Foto: Paula Froes/GovBA

 O Carnaval fora de época no feriado de Tiradentes, que levou foliões às ruas de São Paulo e do Rio de Janeiro e aos desfiles no Anhembi e na Sapucaí, não impactou até o momento o volume de internações de pacientes graves de Covid-19 em UTIs.
Somente o Distrito Federal e cinco estados —Alagoas, Goiás, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina— tinham mais de 30% de suas UTIs com pacientes de Covid na última segunda-feira (2). O quadro é semelhante ao de 11 de abril, com seis estados e o DF nesta situação.
No Rio de Janeiro, as aglomerações provocadas pela folia não parecem ter refletido nas internações.
A ocupação de UTIs públicas no estado permanece baixa, em 17%, inferior à marca de 21% registrada em 11 de abril. Hoje, o número de vagas (741) é quase a metade daquela época (1.378).
Na capital fluminense, a parcela de leitos preenchidos é mais alta e chega a 49%, mas também com a ponderação de que o total de vagas disponíveis atualmente (223) é quase a metade do total de dois meses atrás (469). Os casos de síndrome gripal subiram 13% na última semana na cidade (de 12.163 para 13.698).
Em São Paulo, segundo Secretaria de Estado da Saúde, os números da Covid-19 não apresentam preocupação neste momento, devido à alta cobertura vacinal e ao baixo patamar de internações.
Conforme a pasta, o número de hospitalizados nesta segunda (2) era de 1.295 pacientes, entre suspeitos e confirmados, sendo 448 em UTI. Na mesma data, a taxa de ocupação era de 20% (havia 2.241 leitos para Covid), a mesma observada em 11 de abril (havia 2.660 leitos para Covid).
Também nesta segunda (2) a cidade de São Paulo mantinha 471 leitos para Covid, sendo 175 em operação na UTI e com 30 internados —ocupação em 17%. Em 7 de abril, 31 pacientes ocupavam leitos públicos de UTI Covid-19 no município.
Para a Secretaria Municipal da Saúde, o cenário epidemiológico na capital é considerado estável e com tendência de redução. O órgão explica que os dados de internações são variáveis e dependem do quadro de saúde prévio e da evolução da doença individualmente.
Portanto, o aumento de hospitalizações em alguns dias não significa, necessariamente, alta de casos. Nesta segunda, a unidade com maior ocupação em leitos de terapia intensiva era o Hospital Municipal Brasilândia, na zona norte, com 22%.
Por outro lado, se observadas as médias móveis de novas internações (UTI + enfermaria), o cenário é diferente.
Em 2 de maio, a média móvel de pacientes que necessitaram de internação no estado de São Paulo chegou a 174, 15% maior que a registrada em 11 de abril (151). Se comparada com a do dia 18 do mesmo mês (149), houve variação de 17%. Em relação à de 25 de abril (164), o aumento foi de 6%.
Na capital paulista, a média móvel de pacientes hospitalizados chegou a 75, 10% maior que a registrada em 11 de abril (68). Se comparada com a do dia 18 do mesmo mês (62), houve variação de 21%. Em relação à de 25 de abril (69), a alta foi de 9%.
A expectativa é que os números cresçam mais um pouco, mas não na magnitude do que foi observado nos meses de janeiro e fevereiro durante o pico causado pela ômicron.
“Três fatores corroboram para esse aumento: ausência de políticas de contenção, as festividades do Carnaval e o fato de termos várias sublinhagens da ômicron competindo entre si”, explica Wallace Casaca, coordenador da plataforma SP Covid-19 Info Tracker, criada por pesquisadores da USP e da Unesp com apoio da Fapesp para acompanhar a evolução da Covid-19.
“A situação ainda requer cautela, apesar de não ser caótica. Os cuidados sanitários são necessários, principalmente para os grupos de risco e idosos, que voltaram a ser o centro das atenções. É importante que as pessoas elegíveis para a dose de reforço procurem uma unidade e tomem a vacina”, completa.
NORDESTE
O Maranhão é um dos estados nordestinos com a menor taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento de casos graves de Covid. Caiu de 13%, em 11 de abril, para 5% nesta segunda (2). O governo manteve ativas 60 vagas de leitos nesse intervalo.
A constante queda no número de casos de Covid levou o Governo da Bahia a desativar 146 leitos de UTI, de 11 de abril a 2 de maio. A atual taxa de ocupação é de 17% das 254 vagas disponíveis, ante 15% dos 400 leitos em 11 de abril, segundo a Secretaria da Saúde do Estado.
Já na capital baiana, Salvador, os leitos de UTI públicos para tratamento de casos graves da doença caíram de 175 para 129. Assim como a taxa de ocupação dos leitos para adultos, que passou de 24% para 21%, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.
No Ceará, 78 leitos de UTI foram desativados pela Secretaria da Saúde do Estado, o que fez o número de vagas cair de 107 para 29. A taxa de ocupação caiu dez pontos percentuais, de 27%, em 11 de abril, para 17%, nesta segunda (2), das vagas preenchidas.

Estudo acha coronavírus em consultórios odontológicos no PR

Pesquisadores, no entanto, não conseguem afirmar se os vírus eram capazes de infectar pessoas

Pesquisadores, no entanto, não conseguem afirmar se os vírus eram capazes de infectar pessoas

DIVULGAÇÃO/NIAID-RML

Um estudo realizado por pesquisadores da UFPR (Universidade Federal do Paraná) alerta para o risco de infecção pelo coronavírus em unidades de saúde que não são destinadas ao atendimento de pacientes com covid-19.

O grupo analisou 711 amostras coletadas em quatro unidades básicas de saúde de Curitiba, em uma unidade de pronto atendimento e em dois hospitais da cidade.

Foram analisados os consultórios odontológicos de alguns destes locais. Das 234 amostras, 3% deram positivo para o material genético do vírus causador da covid-19.

Até mesmo em cadeiras onde os pacientes se sentam durante a consulta com o dentista foram localizadas amostras positivas do RNA do coronavírus, mesmo após a limpeza do equipamento.

Nos ambulatórios, houve maior positividade. Entre 85 amostras retiradas de enfermarias, 9% foram positivas.

“Nos consultórios médicos, o RNA viral foi detectado em itens pessoais, como canetas, carimbos e cadernos. Além disso, as maçanetas das portas, teclados de computador, mouses, poltronas e oxímetros foram positivos para SARS-CoV-2”, diz um trecho do comunicado divulgado pela universidade.

Houve constatação do RNA viral ainda em maçanetas de UTIs (14%) grades dos leitos (22%).

Os pesquisadores, no entanto, ressaltam que o trabalho não levou em conta a viabilidade do vírus, não sendo possível saber se aquela partícula encontrada seria capaz de causar doença em seres humanos.

“Isso [viabilidade] depende de inúmeros fatores, que vão desde a limpeza do ambiente até o tempo de permanência do vírus naquele”, afirmam.

Mas o grupo alerta que “os dados indicam que estes são pontos críticos e que, em algum momento, o vírus pode ter estado viável naqueles locais. Assim, trata-se de um indicador importante que revela a necessidade de medidas de desinfecção mais rigorosas nessas áreas”.

URGENTE-Hospitais públicos de Salvador estão com 100% de ocupação das UTIs adulto para Covid-19; privados têm taxa superior a 80%

Entrada do Hospital Eládio Lasserre, no bairro de Cajazeiras, que registrou 100% de ocupação dos leitos de UTI adulto, nesta segunda (24) — Foto: Divulgação/Sesab

Entrada do Hospital Eládio Lasserre, no bairro de Cajazeiras, que registrou 100% de ocupação dos leitos de UTI adulto, nesta segunda (24) — Foto: Divulgação/Sesab

Quatro unidades da rede pública de saúde, com leitos para tratamento de pacientes com Covid-19, registraram taxa de 100% de ocupação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, nesta segunda-feira (24). Além disso, três hospitais da rede particular estão com taxa acima dos 80%.

Não há vagas de UTI no Hospital Eládio Lasserre, Hospital de Campanha Itaigara, Hospital de Campanha Centro de Iniciação Esportiva 100% e na Maternidade Professor José Maria de Magalhães Neto.

Além disso, a rede pública registra 95% de ocupação dos leitos de UTI no Hospital Especializado Salvador e no Hospital Municipal de Salvador. Já no Hospital do Subúrbio, a taxa é de 92%.

Na rede particular,

, o que registra maior índice de ocupação dos leitos de UTI adulto é o Hospital Jorge Valente, com 82%. Em seguida estão o Hospital São Rafael e o Hospital da Bahia, ambos com 81%.

Outras quatro unidades estão com taxa de ocupação acima dos 70%. São elas: Hospital Português (79%), Hospital Santa Isabel (78%), Hospital Cardio Pulmonar (76%) e Hospital Aliança (74%).

De acordo com boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto na capital é de 80%. Já na ocupação geral, o índice é de 77%.

Prefeitura de Poções irá vacinar idosos acima de 64 anos contra a Covid-19; de 75 anos recebem a 2ª dose

A Prefeitura de Poções, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai realizar na terça-feira (20/04) a vacinação contra a Covid-19 nos idosos com idade acima de 64 anos, conforme datas e horários estabelecidos.
Na oportunidade, os idosos com de idade acima de 75 anos recebem a 2ª dose.
O idoso que irá receber a vacina deverá procurar a Unidade de Saúde em que está cadastrado ou o seu Agente de Saúde e se informar do dia e horário para a vacinação. Não esqueça de levar o cartão da família, CPF e/ou Cartão do SUS.
Confiram abaixo o cronograma:
Das 9h às 10:30h: Paulina Maria (Morrinhos) – Na Igreja;
Das 9h às 10:30h: Ednaldo Rodrigues (Bandeira Nova);
Das 8h às 11h: UBS Poções (Posto de Puericultura) – No Tiro de Guerra;
Das 10:40h às 11:40h: Nelson Ventura (Alto da Vitória) – Na quadra do Colégio Bohêmia Marinho;
Das 10:40h às 11:40h: Amedeo Sangiovanni (Bela Vista) – Na quadra ao lado do posto;
Das 14h às 15:30h: Neumir Pereira (Atrás da Policlínica) – Na Escola Maria Rosa;
Das 14h às 15:30h: Antônio Mascarenhas (Açude) – Na Creche;
Das 14h às 15:30h: Jesulino Hipólito (Rua de Boa Nova) – Na Escola Nadir Chagas;
Das 14h às 15:30h: Antônio Joaquim Soares (Primavera) – No Colégio Pedro Cunha;
Das 15:40h às 17h: Francisco Paradella (Lagoa Grande) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Epaminondas Arcanjo (Rua da Padaria Coelho) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Arthur Rolim (São Paulo) – Na Escola Deusdnea Macedo;
Das 15:40h às 17h: Leandro Silva (Indaiá) – No Ginásio de Esportes.

Prefeitura de Poções irá vacinar idosos acima de 65 anos contra a Covid-19; de 77 a 79 anos recebem a 2ª dose

A Prefeitura de Poções, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai realizar na terça-feira (13/04) a vacinação contra a Covid-19 nos idosos com idade acima de 65 anos, conforme datas e horários estabelecidos.
Na oportunidade, os idosos com de idade entre 77 e 79 anos recebem a 2ª dose da CoronaVac.
O idoso que irá receber a vacina deverá procurar a Unidade de Saúde em que está cadastrado ou o seu Agente de Saúde e se informar do dia e horário para a vacinação. Não esqueça de levar o cartão da família, CPF e/ou Cartão do SUS.
Confiram abaixo o cronograma:
Das 9h às 10:30h: Paulina Maria (Morrinhos) – Na Igreja;
Das 9h às 10:30h: Ednaldo Rodrigues (Bandeira Nova);
Das 8h às 11h: UBS Poções (Posto de Puericultura) – No Tiro de Guerra;
Das 10:40h às 11:40h: Nelson Ventura (Alto da Vitória) – Na quadra do Colégio Bohêmia Marinho;
Das 10:40h às 11:40h: Amedeo Sangiovanni (Bela Vista) – Na quadra ao lado do posto;
Das 14h às 15:30h: Neumir Pereira (Atrás da Policlínica) – Na Escola Maria Rosa;
Das 14h às 15:30h: Antônio Mascarenhas (Açude) – Na Creche;
Das 14h às 15:30h: Jesulino Hipólito (Rua de Boa Nova) – Na Escola Nadir Chagas;
Das 14h às 15:30h: Antônio Joaquim Soares (Primavera) – No Colégio Pedro Cunha;
Das 15:40h às 17h: Francisco Paradella (Lagoa Grande) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Epaminondas Arcanjo (Rua da Padaria Coelho) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Arthur Rolim (São Paulo);
Das 15:40h às 17h: Leandro Silva (Indaiá) – No Ginásio de Esportes.

BOLETIM COVID-19 POÇÕES/BA 14/03/2021

Prefeitura de Poções já vacinou 1229 entre idosos e profissionais da saúde contra a Covid-19

A Prefeitura de Poções, através da Secretaria Municipal de Saúde, já aplicou a vacina contra a Covid-19 em 1229 pessoas, de acordo plano de vacinação estabelecido. 62 idosos institucionalizados já receberam a 1ª e a 2ª dose.
O vacinômetro de 19 de fevereiro de 2021 indica ainda que 257 idosos acima de 90 anos e 201 de 87 a 89 anos também já receberam a vacina. 574 profissionais da saúde tomaram a 1ª dose e 135 a 2ª dose.
O município, que já recebeu um total de 1420 doses, aguarda novos direcionamentos do Governo Estado e do Ministério da Saúde sobre o envio de mais remessas de doses para os demais grupos prioritários. Qualquer novidade será divulgada nos canais oficiais da Prefeitura.

BOLETIM-COVID-19 POÇÕES/BA 13/02/2021

Segundo informações do Boletim Epidemiológico atualizado desta sábado (13), o município contabiliza 1654 casos confirmados da Covid-19. Desse total, 1609 pessoas já se recuperaram e 15 que ainda apresentam sintomas continuam em recuperação. Poções também tem 30 óbitos por coronavírus.
A Prefeitura de Poções, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reitera à população que continue com os cuidados de prevenção, fazendo o uso da máscara, a higiene das mãos e evitando aglomeração.

Agentes comunitários de saúde de Poções são vacinados contra a Covid-19

Os agentes comunitários de saúde foram incluídos no plano de vacinação contra a Covid-19 da Secretaria Municipal de Saúde de Poções. Na quinta-feira (11/02), os trabalhadores receberam a primeira dose da vacina.
De acordo com o secretário Jorge Luis, a vacinação dos ACSs foi programada levando em consideração que eles também integram o grupo de trabalhadores da Atenção Básica. “Eles estão diretamente ligados à população, fazendo visitas, sendo necessária a imunização”, explicou.
Após a vacinação, que aconteceu na Escola Luis Heraldo Duarte Curvelo, foi promovida uma reunião onde foram colocadas em pauta as demandas dos agentes.

BOLETIM COVID-19 POÇÕES/BA 10/02/2021

Segundo informações do Boletim Epidemiológico atualizado desta quarta-feira (10), o município contabiliza 1636 casos confirmados da Covid-19. Desse total, 1589 pessoas já se recuperaram e 18 que ainda apresentam sintomas continuam em recuperação. Poções também tem 29 óbitos por coronavírus.
A Prefeitura de Poções, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reitera à população que continue com os cuidados de prevenção, fazendo o uso da máscara, a higiene das mãos e evitando aglomeração.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia