Na tarde de domingo (17), o menino Marcelo Henrique Gonçalves de Oliveira sumiu e sua mãe fez um apelo através nas redes sociais para que as pessoas ajudassem a encontrá-lo.

Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) buscam pistas que possam esclarecer o assassinato do menino Marcelo Henrique Gonçalves de Oliveira, de apenas 7 anos de idade, cujo corpo foi encontrado com marcas de violência e semi-carbonizado, na tarde desta segunda-feira (18), no bairro Aracapé, na zona sul de Fortaleza. O menino havia sumido no último fim de semana. Conforme os pais do garoto, ele costumava brincar com outras crianças da sua faixa etária nas proximidades de casa e se arriscavam por um túnel numa estação de tratamento de água do Mondubim. Na tarde de domingo, o menino sumiu e a mãe fez um apelo através do Facebook para que as pessoas ajudassem a encontrar o filho. Contudo, no começo da tarde de ontem, o corpo do menino foi localizado por moradores que ajudavam nas buscas desde o dia anterior.

Policiais militares que atenderam à ocorrência acionaram a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que mobilizou as equipes da DHPP e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) para o local.

Os peritos fizeram um trabalho minucioso no local em busca de pistas para esclarecer o crime e, na manhã desta terça, realizam exames no corpo da criança para descobrir a “causa mortis” e, ainda, esclarecer se houve violência sexual. Na tarde de ontem, o pai do menino esteve na sede da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) e fez o reconhecimento do corpo do filho.[fonte blog do marcelo ]