WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

FJS

prefeitura de pocoes


março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


ouro gas marcus solla acougues angelica

:: 12/mar/2024 . 21:18

SEI alinha acordo de cooperação com o programa Bahia Sem Fome

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) irá cooperar com o monitoramento da fome na Bahia. Em reunião realizada hoje (12/03) na superintendência, o diretor-geral do órgão, José Acácio Ferreira, e o coordenador do programa Bahia Sem Fome (BSF), Tiago Pereira, definiram os primeiros produtos que a SEI irá desenvolver para auxiliar o programa, por meio de um acordo de cooperação técnica.

O coordenador do BSF apresentou as demandas por informações sobre a fome no estado, definindo, junto à equipe técnica da SEI, a criação de estudos e diagnósticos para fornecer dados e evidências para o monitoramento da fome na Bahia. Os dados serão atualizados e com recortes territoriais, mostrando os impactos qualitativos e quantitativos, a fim de apontar causas e caminhos prioritários para acelerar o programa.

“Esse é um dos temas mais importante para o governo e terá a atenção prioritária da nossa equipe técnica. A pobreza já vem sendo tratada de forma transversal nos diversos trabalhos da SEI. Isso será ampliado para obtermos as especificidades sobre a fome na Bahia”, comentou o diretor Acácio Ferreira.

Mais informações: 71 3115-4748 / 3115-4729 / 988560656

Fonte: Ascom/SEI

Na Bahia, a cada dez feminicídios, nove são cometidos pelo parceiro íntimo da vítima

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), em parceria com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), apresenta à sociedade a atualização do infográfico Feminicídios na Bahia. O trabalho é mais um produto da parceria entre a SEI e a SSP-BA e traz a caracterização e o perfil das vítimas de feminicídios no estado. Os dados utilizados são derivados dos Boletins de Ocorrência (BO), registrados pela Polícia Civil (PC), entre os anos de 2017 e 2023.

De 2017 a 2023, a Bahia registrou 672 feminicídios. Isso significa dizer que uma mulher foi vítima letal de violência de gênero a cada 3 dias. Em média, os feminicídios cresceram 7,6% ao ano. Apenas em 2023, a Bahia registrou 108 feminicídios. Isso representou um aumento de 0,9% em relação ao ano anterior, quando foram registrados 107 casos. Em termos comparativos, em 2023, 1,5 mulheres foram vítimas de feminicídio a cada 100 mil baianas, enquanto que no primeiro ano da análise, 1 mulher foi vítima de feminicídio a cada 100 mil.

Quanto à caracterização do crime, a maioria foi por objeto perfurocortante. Ou seja, na Bahia, de 2017 a 2023, quase metade dos casos de feminicídios foram por arma brancas: 46,6%. As armas de fogo (28,5% do total de casos) e os objetos contundentes (8,0%) também são instrumentos em destaque. Outros instrumentos respondiam pela participação restante (16,9%).

Sobre o local de ocorrência, verifica-se que aproximadamente 80% dos casos ocorreram dentro do domicílio da vítima. E sobre a autoria, os dados revelam que 92,6% eram parceiros íntimos da vítima (companheiros ou ex-companheiros e namorados).

Referente ao perfil das mulheres, a maioria tinha idade adulta (de 30 a 49 anos), eram negras (pretas e pardas) e não-solteiras.

Os dados apontam para um padrão específico de ocorrência para esse tipo criminal, o que pode auxiliar na construção de medidas mais efetivas para a salvaguarda da vida das mulheres vítimas de violência de gênero.

Poções: Identificada a vítima assassinada na feira da cidade

A mulher brutalmente assassinada a tiros na manhã de hoje, 12, na cidade de Poções, foi identificada como Elen, conforme informações atualizadas pelas autoridades locais. Até o momento, nenhum suspeito foi detido em relação ao crime.

O fato chamou a atenção na Terra do Divino.

Segundo a polícia, Ellen  é bastante conhecida da localidade.

O corpo da vítima será encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica de Vitória da Conquista para os procedimentos legais necessários.

Ninguém foi preso até o momento.

Poções Urgente: Uma pessoa foi assassinada agora

 

Um crime movimentou a cidade de Poções, quando uma pessoa  foi brutalmente assassinada por disparos de arma de fogo, conforme informações divulgadas pela Polícia Militar, na manhã de hoje, 12.

A identidade da vítima ainda não foi revelada pelas autoridades, que estão conduzindo as investigações para esclarecer as circunstâncias desse crime chocante. O assassinato deixa a comunidade local consternada e ressalta a urgência de medidas para combater a violência e garantir a segurança dos cidadãos.

O corpo será levado ao Departamento de Polícia Técnica de Conquista.

Áreas da Nordeste devem receber chuvas volumosas durante a semana

A semana deve ser de muita instabilidade sobre o Nordeste Brasileiro, principalmente na faixa mais ao Norte da Região. Os modelos matemáticos de previsão e os institutos de meteorologia estão indicando possibilidade de chuvas fortes e intensas em algumas localidades ao longo dos próximos dias.

O motivo é a Zona de Convergência Intertropical (Zcit) que continua levando chuvas para as áreas próximas ao litoral norte da região. Nesta segunda-feira, 11 de maço, são esperadas precipitações volumosas em áreas do Maranhão, Piauí e Ceará.

Com o avançar da semana, as chuvas fortes devem atingir o Rio Grande do Norte, a Paraíba, Pernambuco e Alagoas, inclusive as respectivas capitais estaduais. Os acumulados podem superar os 100 milímetros (mm) em muitas destas localidades nos próximos sete dias.

Na Bahia, não são esperadas chuvas generalizadas em todas as regiões. De acordo com o modelo Cosmo (mapa acima), usado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), parte do Extremo-Oeste, o Nordeste Baiano, a Região Metropolitana de Salvador e boa parte do litoral devem receber os maiores volumes, com acumulados entre 30 e 60 milímetros (mm) no período.

No Centro-Sul e Centro Norte, as chuvas devem ser mais fracas, no entanto, podem ocorrer temporais isolados em algumas áreas.

Calor intenso

A meteorologia também indica que os últimos dias de verão devem ser de calor intenso em parte do país, com possibilidade de temperaturas bastante elevadas nos estados da Região Sul, além de áreas do Mato Grosso do Sul, São Paulo e Triângulo Mineiro.

Um alerta amarelo para onda de calor, de perigo potencial, foi emitido pelo Inmet para a área a ser atingida pelo calor intenso. A classificação mais branda do alerta indica que a temperatura deve ficar 5ºC acima da média por período de dois até três dias. Caso as condições atmosféricas continuem favoráveis para o predomínio da massa de ar seco, o alerta pode ser reclassificado.

De acordo com o órgão, uma onda de calor é configurada quando as temperaturas permanecem 5 °C acima da média durante 5 dias consecutivos.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia