WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes



junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


cobra produtora marcus solla acougues angelica fabricio

Que o Cidade Jardins é o Primeiro loteamento planejado de Poções isso você já sabe! / Mais, o que você não sabe é que agora o Cidade jardins também é ‘’RESIDENCIAL’’

você pode adquirir a casa dos seus sonhos, em um Local com total segurança e toda infraestrutura finalizada.
Com: Pavimentação Asfáltica, rede de água, Esgoto e iluminação.

saia do aluguel e adquira seu imóvel com prestações que cabem no seu bolso, Com entrada mais financiamento através de seu correspondente bancário.

Loteamento Registrado no Cartório de Imóveis.

Entre em contato agora mesmo pelos telefones: 77 9 9132-5392 / 9 8855-0011 ou pelo número 9 9910-1341

Residencial Cidade Jardins,
O primeiro Bairro planejado de Poções agora é Realidade!

O Preço que o governo pagou por vacina indiana Covaxin foi 1000% mais alto

Documentos do Ministério das Relações Exteriores mostram que o governo comprou a vacina indiana Covaxin por um preço 1.000% maior do que, seis meses antes, era anunciado pela própria fabricante. Telegrama sigiloso da embaixada brasileira em Nova Délhi de agosto do ano passado, ao qual o Estadão teve acesso, informava que o imunizante produzido pela Bharat Biotech tinha o preço estimado em 100 rúpias (US$ 1,34 a dose). Em dezembro, outro comunicado diplomático dizia que o produto fabricado na Índia “custaria menos do que uma garrafa de água”. Em fevereiro deste ano, o Ministério da Saúde pagou US$ 15 por unidade (R$ 80,70, na cotação da época) — a mais cara das seis vacinas compradas ate agora

Prefeita de Poções ganha mais uma vez agora no TRE por 7×0/ O processo das camisas movido pela coligação do ex-prefeito

RECURSO ELEITORAL (11548) – 0600677-53.2020.6.05.0059 – Poções – BAHIA

 

RELATOR: Juiz FREDDY CARVALHO PITTA LIMA

RECORRENTE: A COLIGAÇÃO “PARA POÇÕES CONTINUAR AVANÇANDO”, formada pelos partidos 90-PROS / 25-DEM / 77-SOLIDARIEDADE / 14-PTB / 40-PSB / 55-PSD / 12-PDT / 70-AVANTE
ADVOGADO: THAIS BISPO NASCIMENTO – OAB/BA0046093
ADVOGADO: FERNANDA LEAL SANTOS – OAB/BA0061955
ADVOGADO: LUCAS SANTOS RIBEIRO – OAB/BA0034476
RECORRIDO: IRENILDA CUNHA DE MAGALHAES
ADVOGADO: MARCUS VINICIUS ALVES RODRIGUES DE SOUZA – OAB/BA0016362
RECORRIDO: JOAO BONFIM CARDOSO CERQUEIRA
ADVOGADO: MARCUS VINICIUS ALVES RODRIGUES DE SOUZA – OAB/BA0016362                                                                               FISCAL DA LEI: PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL

EMENTA

 

Eleições 2020. Recurso Eleitoral. Ação de Investigação Judicial Eleitoral. Improcedência da ação originária. Candidatos aos cargos de prefeito e vice-prefeito. Alegação de abuso de poder econômico. Suposto gasto irregular de campanha. Propaganda vedada. Distribuição de camisas. Vilipêndio ao artigo 39, §6º da Lei nº 9.504/97. Não configuração. Inexistência de prova robusta. Desprovimento.

Preliminar de nulidade da sentença por ausência do devido processo legal.

Afasta-se esta prefacial, face a ocorrência da preclusão consumativa, uma vez que não houve qualquer justificativa plausível, lastreada no art.435 do CPC, para a juntada do vídeo a destempo, posto que foi produzida em 15/11/2020 e anexada aos autos em 03/03/2021.

Preliminar de ilegitimidade passiva.

Rejeita-se a prefacial uma vez que o candidato beneficiado pela propaganda é parte legítima para figurar no polo passivo da demanda, devendo a análise de sua responsabilidade ou prévio conhecimento ser feita quando do exame do mérito.

Mérito

Nega-se provimento ao recurso mantendo-se a sentença zonal, uma vez que a investigante, ora recorrente, não logrou êxito em comprovar a ocorrência de abuso de poder econômico nem a realização de gasto irregular de campanha pelos recorridos.

 

ACORDAM os Membros do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, à unanimidade, INACOLHER AS PRELIMINARES e, no mérito, NEGAR PROVIMENTO AO RECURSO.

Conquista: Motoqueiro morre na alça do Anel Rodoviário

Um homem morreu após a moto em que estava colidir com um carro na noite desta terça  (22), no Anel Viário da BR-116, município de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) da cidade, o condutor da motocicleta acabou morrendo no local após impacto.

Ainda de acordo com a PRF, a motocicleta colidiu na traseira do veículo. A PRF informou também que a possível causa do acidente foi o desrespeito à distância de segurança entre os dois veículos.

Poções: Boletim epidemiológico – 21/06/21.

Pode ser uma imagem de texto que diz "BOLETIM COVID-19 POÇÕES BA 21.06.2021 61 CASOS ATIVOS SUSPEITOS (SERÁ COLHIDO EXAMES) 220 2957 ÚLTIMAS 24H 25 CURADOS TIMAS 24H 15 CONFIRMADOS ÚLTIMAS 24H 10 3087 LACEN 176 69 TESTE RÁPIDO 2911 TOTAL DE TESTES REALIZADOS ÃBITOS 15968 NOTIFICADOS MONITORADOS 811 12195 PROFISSIONAIS DE SAÚDE SEGURANÇA QUE FORAMTESTADOS FORAM DESCARTADOS 2601 11489 TAXA DE OCUPAÇÃO UTI 90,% SAUDE POÇÕES POÇÕES CORONAVIRUS"
Poções registrou, até esta segunda-feira (21/06), o total de 3087 casos confirmados da Covid-19. Destes, 2957 estão recuperados e 61 continuam em recuperação.
No momento, são investigados outros 220 casos notificados como suspeitos.
Mais dois óbitos foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde, totalizando 69 mortes por complicações causadas pela doença.
O 69º óbito trata-se de uma paciente, de 41 anos, residente em Poções, que faleceu no último dia 18, no Hospital Geral de Vitória da Conquista. A confirmação do óbito pela doença foi enviada à Secretaria de Saúde de Poções na data de hoje.
A Prefeitura de Poções reitera à população que continue com os cuidados de prevenção, fazendo o uso da máscara, a higiene das mãos e evitando aglomeração.

Tristeza e Luto: Morre Taiara Santos, vítima de uma tragédia

Uma mulher morreu após o carro em que ela estava capotar e cair numa ribanceira na BA-250, perímetro do município de Lajedo Tabocal, no trecho que margeia por fora da cidade.  A vítima fatal que não resistiu aos ferimentos e morreu no local é a jovem Itiruçuense Taiara Santos, que no capotamento foi arremessada para fora do veículo.

informações obtidas no local, o veículo Toyota Hilux de placa JSHD14, era dirigido pela engenheira Chacy Lays, que perdeu o controle da direção na curva, capotando e descendo a ribanceira. A motorista e outras duas mulheres que estavam no veículo ficaram bastantes feridas e foram socorridas ao HGPV, em Jequié, sendo: Chacy Lays que dirigia o veículo, Fernanda Paula e Alana Dias.

Elas retornavam da cidade de Maracás com destino a Itiruçu.

O quadro clínico delas ainda não foram atualizados até o fechamento desta matéria.  Atualizemos a informação a qualquer momento. Itiruçu Online

Urgente: Chega ao Brasil 1º lote de vacinas da Janssen com 1,5 milhão de doses 22 junho 2021 | 9:53

Foto: Divulgação

O primeiro lote de vacinas da Janssen contra a Covid-19 adquiridas pelo Ministério da Saúde chegou nesta terça-feira (22) ao Brasil. Esta primeira remessa tem 1,5 milhão de doses do imunizante, das 38 milhões de doses contratadas pelo país. O lote era aguardado desde a terça-feira última semana.

O imunizante da Janssen é a única vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com uma dose única.

Os dados levantados durante os testes clínicos indicam que o imunizante tem uma eficácia de 66% para os casos moderados a graves, e de 85% para os casos graves.

 

STJ revoga prisão da desembargadora Lígia Ramos

O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), revogou a prisão da desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Lígia Maria Ramos Cunha Lima, investigada pela Operação Faroeste, que apura a venda de decisões judiciais no TJ-BA.

A decisão de Og Fernandes foi proferida na segunda-feira (21) e confirmada nesta terça (22) pela defesa de Lígia Ramos. Ainda de acordo com a defesa da desembargadora, ela já deixou o presídio onde estava, em Brasília.

Segundo o advogado João Daniel Jacobina, que defende a desembargadora, na decisão que revogou a prisão de Lígia Ramos, o ministro Og Fernandes decretou as seguintes medidas cautelares alternativas: afastamento do cargo, não comparecer ao TJ-BA e não manter contato com demais investigados.

Na decisão, o ministro ainda autoriza os advogados da desembargadora a ingressar em seu gabinete, no TJ-BA, a fim de acessar documentos que possam ser úteis à defesa dela.

O advogado João Daniel Jacobina afirmou que “a decisão reconhece o que a defesa vem sustentando desde sempre: a prisão é uma medida gravíssima, sem nenhum sentido, haja vista as cautelares alternativas decretadas”.

Prisão da desembargadora

Lígia Maria Ramos Cunha Lima teve mandado de prisão cumprido em 14 de dezembro de 2020. No dia seguinte, o STJ converteu a prisão temporária da desembargadora em domiciliar, porque ela havia passado por uma cirurgia no dias anteriores e estava em fase de recuperação.

Em 20 de dezembro de 2020, a desembargadora teve a prisão temporária convertida para preventiva. No dia seguinte, ela foi transferida para um presídio no Distrito Federal.

Em janeiro deste ano, a desembargadora, seus filhos Arthur e Rui Barata, e mais três advogados foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF), por organização criminosa. Na denúncia, o MPF pediu que os seis denunciados fossem condenados por organização criminosa e que, em caso de condenação, seja decretada a perda da função pública, no caso dos que têm essa condição. Também foi pedido que os envolvidos paguem, de forma solidária, indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 950 mil.

Operação Faroeste

A Operação Faroeste foi deflagrada no final de 2019 e tinha inicialmente o objetivo de investigar a existência de uma organização criminosa formada por magistrados e servidores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), além de advogados, empresários e intermediários.

Conforme o MPF, a atuação do grupo envolve atuação de comercialização de sentenças judiciais para favorecer grilagem de terras no oeste da Bahia. Nos meses seguintes, porém, outros esquemas foram descobertos e continuam sendo investigados.

Ao todo, 12 pessoas foram presas provisoriamente e parte dos envolvidos foi denunciada e responde a ação penal no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Cronologia da Operação Faroeste:

  • A primeira fase da Operação Faroeste ocorreu em 19 de novembro de 2019, com a prisão de quatro advogados, o cumprimento de 40 mandados de busca e apreensão e o afastamento dos seis magistrados.
  • No dia 20 de novembro de 2019, a Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ) instaurou procedimento contra os magistrados do TJ-BA.
  • Três dias depois, a Polícia Federal prendeu o juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, da 5ª vara de Substituições da Comarca de Salvador, em um desdobramento da Operação Faroeste.
  • Em 29 de novembro de 2019, a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), foi presa. Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), Maria do Socorro estaria destruindo provas e descumprindo a ordem de não manter contato com funcionários. Indícios sobre isso foram reunidos pela PF e pelo Ministério Público Federal (MPF).
  • Em dezembro de 2019 foi iniciada outra fase batizada de Estrelas de Nêutrons, quatro mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), com o objetivo de obter provas complementares da possível lavagem de ativos. Os alvos foram um joalheiro e um advogado.
  • Em março de 2020, ocorreu outra fase da operação. A desembargadora Sandra Inês foi presa na época.
  • Em abril de 2020, a desembargadora Sandra Inês Moraes Rusciolelli Azevedo foi exonerada do cargo de Supervisora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec).
  • No início de maio de 2020, a Corte Especial do STJ decidiu tornar réus quatro desembargadores e três juízes do TJ-BA alvos da Operação Faroeste.
  • Em dezembro do mesmo ano, ex-cantora da banda Timbalada, Amanda Santiago, filha da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), foi um dos 35 alvos de mandados de busca e apreensão da nova etapa da Operação Faroeste.
  • Em janeiro de 2021, a desembargadora Lígia Ramos, seus filhos Arthur e Rui Barata, e mais três advogados foram denunciados pelo MPF, por organização criminosa.
  • Em junho de 2021, foi preso em Barreiras um homem suspeito de pedir propinas em nome do juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, investigado na operação. G1

ATENÇÃO: INVESTIGAÇÃO | PF vai ouvir subsecretária de Saúde de Conquista para apurar suposto desvio de mais de R$1 milhão

SUDOESTE DIGITAL (Da redação) – A Delegacia da Polícia Federal recebeu, nessa segunda-feira, 21, novas denúncias de desvio de dinheiro público supostamente praticado pelo ex-prefeito de Ituaçu, Adalberto Luz (PP) e suas ex-secretárias de Educação, Érica Luz e de Saúde e atual subsecretária de Saúde de Vitória da Conquista, Kalilly Lemos Santos da Rocha. Os valores superam mais de R$1 milhão, conforme as denúncias, protocoladas pelo atual prefeito de Ituaçu, Phellipe Brito (PSD), à esquerda na imagem.

De acordo com as denúncias, os recursos que teriam sido desviados por Luz, Érica e Kalily são oriundos, respectivamente, do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), em reformas que, segundo ele, não aconteceram e da área da Saúde.

Chapada: Jovens de SP, mortos em capotamento na BA-148, visitavam parentes na região

Um grave acidente foi registrado na noite do último domingo (20), por volta das 22h na BA-148 no distrito de Cabrália, município da cidade de Piatã, na Chapada Diamantina (BA), deixando quatro vítimas fatais e dois feridos. As vítimas foram identificadas como Leonardo Barren Oliveira, Antony Xavier Balbino, João Lucas Tomé Souza e Vitor Xavier de Oliveira. Eles moravam em São Paulo e estavam curtindo as férias na Bahia.

Segundo informações do Portal Inúbia, o acidente aconteceu nas proximidades do distrito. As quatro vítimas fatais, com os nomes ainda não divulgadas, são jovens com familiares nas cidades de Cabrália e Boninal (BA) e que moravam em São Paulo e estavam de férias na Bahia. O carro ficou completamente destruído. As causas e circunstâncias do acidente são desconhecidas e até o fechamento desta matéria não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Urgente: Mulher é executada na porta de casa pelo ex-marido

c5df184fc6f2b511864d4dfc0a8afec7

Uma mulher foi assassinada a tiros na porta de casa, na noite deste domingo (20), na quadra 14 de Sobradinho, no Distrito Federal.

A vítima foi identificada como Thais da Silva Campos, de 27 anos, e o suspeito é o ex-companheiro dela, Osmar de Sousa Silva, de 36 anos, que fugiu após o crime.
As imagens mostram que o suspeito estava do lado de fora da residência, e a mulher, que estava dentro, foi abrir o portão. Ela ficou nessa tarefa por alguns segundos e, em seguida, foi atingida por diversos disparos. Com a vítima caída, o homem ainda se aproximou e atirou mais uma vez. Em seguida, deixou o local em um carro branco.
De acordo com o delegado Hudson Maldonado, da 13ª Delegacia de Polícia, em Sobradinho, Thais era cirurgiã dentista e Osmar, servidor público.
O casal estava separado há cerca de cinco meses.
Eles têm uma filha de 2 anos. Segundo o delegado, a criança estava na casa do irmão do suspeito, em Planaltina. Ele afirma que uma equipe da polícia já conseguiu entrar o contato com o criminoso, e que ele está em uma região de mato em Sobradinho. No entanto, não havia sido preso até a última atualização desta reportagem.
Ainda de acordo com a polícia, Osmar já tinha uma passagem pela corporação, também por violência doméstica contra uma ex-namorada.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia