WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes



novembro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


cobra produtora marcus solla acougues angelica fabricio

Atenção Urgente em Poções: Uma vitima é levado à UPA após colisão entre moto e caminhonete na zona rural

Na manhã deste sábado (27), por volta das 10h, um acidente de trânsito deixou um homem ferido após colisão entre uma motocicleta e uma caminhonete, na região da Cachoeirinha, zona rural do município de Poções. De acordo com informações, o motociclista, que não teve a identidade divulgada, ficou ferido e levado à UPA. Não temos maiores informações sobre estado de saúde do condutor.

O motorista da caminhonete, felizmente, apesar do susto não se feriu. A Polícia Militar atendeu a ocorrência. Ainda não se sabe as causas do acidente.

Poções: E com muito pesar que anunciamos a morte de Valdeney Leão Vítima de complicações da COVID-19,

Foto: Reprodução

É com muita tristeza que informamos o falecimento do Sr. Valdeney Leão, ao 57 anos, vítima de complicações da COVID-19. O óbito foi confirmado pela família na manhã desta terça-feira, 23 de novembro na cidade de Vitoria da Conquista onde ele estava internado alguns dias. Valdeney era caminhoneiro (cegonheiro) por muitos anos anos. Era uma pessoa extremamente carismática, esposo dedicado e pai amoroso. Ele fazia parte da família Leão, uma das mais tradicionais do município de Poções. Valdeney deixa esposa e filhos.

BOM JESUS DA SERRA A CASA TA CAINDO

Na quinta-feira, dia 18 de novembro, saiu decisão judicial onde obriga o prefeito do município de Bom Jesus da Serra a pagar valores usurpado de servidores quando o atual gestor assumiu a cadeira administrativa. O fato aconteceu logo que o atual prefeito tomou posse, onde o mesmo baixou um decreto retirando o incentivo econômico de instabilidade de alguns servidores públicos, que, de acordo com informações expressou apoio político ao adversário que acabou perdendo o pleito.

Munidos de provas e embasados na legalidade e legitimidade dos direitos, os servidores entraram na justiça contra a prefeitura (atual gestão) onde a justiça intimou o atual prefeito a comparecer perante a justiça e pagar os valores de direitos dos servidores. Por três vezes o intimado não compareceu. E nesta última intimação, a decisão da justiça conforme publicado, diz que; O não comparecimento e o não pagamento dos servidores, poderá acarretar na prisão do gestor para esclarecimentos. De acordo com informações levantada pelo blog Panorama Geral, cerca de 50% dos servidores já receberam. O restante ainda não sabemos o resultado, mais comprindo a ordem judicial e o receio de passar constrangimento com a Polícia,  o gestor deve pagar e instabilizar os salários dos servidores outrora usurpados. Panorama Geral

Comissão debate duplicação da BR-116 em Vitória da Conquista

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados realiza audiência pública na próxima terça-feira (30) sobre a duplicação da BR-116, no trecho que compreende a região sudoeste da Bahia, passando por Vitória da Conquista.
O deputado Waldenor Pereira (PT-BA), que propôs a realização do debate, afirma que a rodovia Santos Dumont (BR-116, Rio-Bahia) divide o município de Vitória da Conquista ao meio, “trazendo consigo um intenso tráfego de veículos, em especial os de grande porte, acarretando aumento expressivo dos índices de acidentes”.
“Segundo dados da Confederação Nacional de Trânsito, foram registrados nas rodovias federais que cortam o estado da Bahia, em 2020, 3.443 acidentes com 2.828 com vítimas (entre mortos ou feridos) e o total de 507 vidas perdidas. Na BR-116, foram 695 acidentes com 134 óbitos, em 2020”, contabiliza o deputado.
De acordo com Waldenor Pereira, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista criou em 2018 uma Comissão de Fiscalização de Obras da ViaBahia,  tendo como principal objetivo a duplicação do trecho da Rio-Bahia que envolve a cidade, a instalação das alças dos viaduto e melhorias e soluções emergenciais para diversos pontos críticos.
Debatedores
Foram convidados para discutir o assunto, entre outros:
-o deputado Zé Raimundo;
– o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas;
– o presidente da Comissão Parlamentar de Intervenções Rodoviárias e Fiscalização de Obras da Via Bahia, da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, vereador Fernando Jacaré;
– o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Rafael Vitale Rodrigues;
– o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Antônio Leite dos Santos Filho;
– o superintendente regional do DNIT no estado da Bahia, Amauri Souza Lima.

A audiência será realizada no plenário 5, a partir das 15 horas.
Os interessados poderão acompanhar o debate, ao vivo, pelo portal e-Democracia, inclusive, enviando perguntas, críticas e sugestões aos convidados.
Da Redação – ND
Fonte: Agência Câmara de Notícias

Atenção Polícia divulga detalhes de operação em Planalto; um suspeito morreu e o outro está no hospital

Um suspeito de roubo de moto morreu e outro foi preso após um confronto com a polícia militar, na noite dessa sexta-feira (27), em Planalto.

Segundo a polícia, os militares da 79 CIPM foram informados que dois homens que haviam roubado uma moto na cidade de Poções, na quinta-feira (25), estariam escondidos na região do Inácio, zona rural de Planalto.

A polícia informou que os militares foram até o local informado e que, na estrada que liga Planalto ao Inácio, se depararam com dois suspeitos em duas motos, sendo que um dos veículos tinha as características da moto roubada na noite anterior.

Ainda de acordo com a polícia, diante da suspeita, os PMs deram voz de prisão e os suspeitos atiraram nos militares e houve confronto.

Os policiais encontraram um homem caído e prestaram socorro até o hospital de Planalto, onde foi constatada a morte.

A polícia informou também que o suspeito tinha passagens pela delegacia pelo crime de tráfico de drogas.

O segundo envolvido conseguiu fugir durante o confronto, mas acabou sendo preso em um bar de Planalto. Ele estava ferido, foi prestado o socorro e está internado.

Vitoria da Conquista: Comerciantes e moradores do entorno da Avenida Presidente Vargas protestam na Câmara e cobram diálogo com a Prefeitura sobre desocupação

Foto: Blog do Sena

Os comerciantes e moradores do entorno da Avenida Presidente Vargas, em Vitória da Conquista, seguem preocupados com as obras de duplicação da via que devem ser iniciadas em breve. Conforme divulgado pelo Blog do Sena, o governador Rui Costa anunciou a intervenção no começo do mês.

Desde então, os trabalhadores que atuam nas laterais da via formaram um grupo na tentativa de dialogar com a administração pública para negociar a desocupação de forma que suas atividades não fiquem prejudicadas. O grupo vem contando com o apoio do vereador Andreson Ribeiro (PCdoB), que tenta viabilizar o diálogo entre eles e a Prefeitura.

Foto: Blog do Sena

Como ainda não ocorreu uma reunião com o poder público municipal, os comerciantes protestaram na Câmara de Vereadores durante a sessão ordinária desta sexta-feira (26). Com faixas, os comerciantes afirmam que não vão deixar o local.

Durante seu pronunciamento, o vereador Andreson reforçou suas tentativas de possibilitar um diálogo entre a categoria e a Prefeitura. ”O que a gente quer é fomentar, é chamar o diálogo. A prefeita é uma pessoa do diálogo, mas sua administração não é! Nós somos a favor da obra de duplicação, mas desde que haja diálogo e que eles proponham uma solução condizente e digna”, afirmou.

A categoria afirma que fiscais da Prefeitura estão rondando o local e eles temem que a desocupação seja feita de forma compulsória, como aconteceu no assentamento “Terras Nobres” no meio desse ano.

7° conferência municipal de saúde aconteceu nessa sexta-feira 26 de novembro de 2021

Família procura por advogado de 47 anos que está desaparecido

Foto: Reprodução

Um advogado de 47 anos está desaparecido desde a última terça-feira (23). Segundo a família e amigos, o último contato de Cláudio Márcio Amorim Coutinho, foi as 09h de terça-feir). De acordo com informações da família,  Cláudio está trajando uma bermuda jeans, camisa azul de botão e saiu sem os documentos pessoais. Como o ocorrido passou das 24 horas, os familiares pede para quem tiver qualquer informação entrar em contato com a polícia ou pelo telefone (77) 98123-7989.

CODEVASF INICIA LICITAÇÃO PARA ADUTORA DA FÉ, APOIADA POR WALDENOR PEREIRA

Começou o processo de licitação para a construção da primeira etapa da Adutora da Fé, Sistema Integrado de Abastecimento para atender aos municípios de Bom Jesus da Lapa, Riacho de Santana e Igaporã, publicado pela Codesvasf – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba. O aviso do certame, no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira(25), é destacado pelo deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA), que vem se empenhando no investimento de recursos de emenda parlamentar para a realização desta obra.
Dentre as suas ações para conseguir a construção da adutora, Waldenor Pereira vem lutando há vários anos para inlcuir suas indicações nas emendas de bancada e até apresentando emendas individuais impositivas (destinação obrigatória dos investimentos indicados pelos parlamentares). Assim, ele garantiu recursos para a elaboração do projeto executivo da adutora (R$ 2 milhões), já realizado pelo Codevasf, e a aquisição dos tubos, no valor de R$ 5 milhões.
Agora conseguiu incluir, nas emendas de bancada para o orçamento de 2022, mais R$20 milhões de emenda de apropriação e 600mil de emenda impositiva. “Não fosse o empenho que tivemos na defesa desse pleito junto à nossa bancada, esses valores para a construção da adutora não teriam sido incluídos no rol das 15 prioridades listadas para o ano de 2022”, disse o deputado.
A abertura das propostas de empresas interessadas em realizar a obra será no próximo dia 16 de dezembro, conforme determina o aviso oficial, e Waldenor e os defensores da construção da adutora não vêem a hora das obras serem iniciadas: “Estamos muito felizes porque nos empenhamos muito por esse projeto, que é uma luta não só minha, mas um esforço conjunto com o deputado Zé Raimundo (estadual) e as nossas lideranças em Riacho de Santana, representados por Bete Costa que foi a nossa candidata a prefeita; e em Igaporã, com o vereador Waldir Pires”.
O deputado enfatiza a importância da Adutora da Fé, como uma obra que vai resolver definitivamente o problema da escassez de água nos municípios de Riacho de Santana, Bom Jesus da Lapa e Igaporã, que juntos contam com uma população estimada em mais de 120 mil habitantes. “Portanto, este ponta-pé inicial da licitação vem nos alegrar em muito, a nós que estamos na linha de frente desta luta, como também a toda a população envolvida”, comemora.

Câmara aprova texto-base da MP que cria Auxílio Brasil

 

A cúpula menor, voltada para baixo, abriga o Plenário do Senado Federal. A cúpula maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (25) o texto-base da Medida Provisória (MP) 1061/2021 que cria o Auxílio Brasil. O programa, que substitui o Bolsa Família, muda alguns critérios para recebimento do benefício, com incentivos adicionais ligados ao esporte, desempenho no estudo e inserção produtiva.

A MP também cria o programa Alimenta Brasil que ficará no lugar do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que atende agricultores familiares. Os deputados votam agora destaques aos texto.

Partidos da oposição firmaram um acordo para votar favoravelmente ao parecer do relator, Marcelo Aro (PP-MG). Com isso, o texto foi aprovado por 344 votos favoráveis e nenhum contrário.

O relatório apresentado trouxe uma série de modificações ao texto encaminhado pelo governo. Entre outros pontos, Aro incluiu na MP valores dos benefícios definidos por um decreto que regulamentou o programa. Para o Benefício Primeira Infância o valor apresentado foi de R$ 130 e para o Benefício Composição Familiar o valor é de R$ 65.

O texto alterado também diz que passarão a ser elegíveis para o Auxílio Brasil as famílias em situação de pobreza, cuja renda familiar per capita mensal se situe entre R$ 105,01 e R$ 210; e as famílias em situação de extrema pobreza, com renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105.

Os valores são diferentes do previsto no decreto que regulamentou a MP, que fixou a renda da extrema pobreza até R$ 100, e da pobreza entre R$ 100,01 e R$ 200. O efeito prático da mudança é ampliar o universo de elegíveis.

Após pressão de partidos da oposição, Aro também retirou a parte que permitia aos beneficiários do programa social contratarem crédito consignado. A proposta previa que até 30% da renda fossem comprometidos.

Ao apresentar seu parecer, Aro disse que, apesar dos esforços dos governo anteriores para atender as pessoas em situação de vulnerabilidade econômica, atualmente existem 17 milhões de famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza no país.

“Atualmente, temos 17 milhões de famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. Vale salientar que a maioria se encontra, infelizmente, em situação de extrema pobreza, condição em que prevalecem a insegurança alimentar severa e a dificuldade de acesso a direitos básicos de cidadania, como o direito ao trabalho digno”, disse.

O novo programa de transferência de renda prevê diversas parcelas: uma, chamada de Benefício Primeira Infância que será paga quando houver crianças de até 3 anos; uma parcela, composição familiar, para cada integrante familiar gestante ou com idade de 3 a 21 anos; há ainda a previsão de pagar um complemento, chamado de superação da extrema pobreza se a renda familiar mensal per capita, incluídos os benefícios anteriores, não for suficiente para superar a linha da extrema pobreza.

Há ainda um complemento de transição que será dado às famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, que tiverem redução no valor financeiro total dos benefícios recebidos, em decorrência do enquadramento na nova estrutura de pagamento do benefício.

Além desses benefícios, o programa também institui os auxílios Esporte Escolar; Bolsa de Iniciação Científica Júnior; Criança Cidadã; Inclusão Produtiva Rural e Inclusão Produtiva Urbana, classificados como “incentivos ao esforço individual e à emancipação.

Segundo o governo, o valor médio do benefício é de R$ 217,18, mas haverá uma complementação para que o valor atinja o mínimo de R$ 400. Esse complementação, contudo, por decisão do governo, será temporária e valerá até dezembro do próximo ano.

A votação foi antecedida por negociações no Plenário em torno do projeto de lei de conversão, que contaram com a participação do ministro da Cidadania, João Roma, que é deputado federal licenciado.

“Foram meses de trabalho para um texto que avança muito, reajustando pisos de pobreza e extrema pobreza e estipulando metas para a redução dos índices de pobreza”, disse Roma.

Oposição

Mesmo votando favoráveis à aprovação do projeto, deputados da oposição criticaram a extinção do programa Bolsa Família. Um dos argumentos é que o novo programa não leva em consideração as políticas já estruturadas pelo Bolsa Família e que passam pelo atendimento nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).

“[Foi desmontada] Toda uma rede de informação de cada família em cada município. Toda uma estrutura de assistência que existe há quase duas décadas. O Bolsa Família era um projeto estruturado que está vinculado à política de saúde e educação”, disse o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ)

Freixo criticou ainda a previsão de pagar a complementação do benefício até o final de 2022. Na avaliação do deputado, a previsão do governo de dar a complementação do auxílio somente até o final do próximo ano evidencia que a proposta do governo tem caráter eleitoreiro.

“Na nossa opinião, de todos os deputados da oposição, o Bolsa Família era um projeto que deveria ser ampliado. A gente deveria estar votando aqui o valor maior do Bolsa Família e a abrangência do numero de pessoas e não um pix eleitoral”, disse.

O deputado José Guimarães lembrou que o novo programa do governo vai deixar de atender uma parcela da população que recebia o auxílio emergencial. Segundo o deputado serão 23 milhões de pessoas que recebiam o auxílio emergencial e que vão deixar de receber algum benefício de transfer6encia de renda.

“São 23 milhões de pessoas que recebiam o auxílio emergencial e que vão ficar sem receber qualquer benefício, estas famílias não vão ter qualquer renda e como pagar suas contas. Como vão ficar essas famílias?”, questionou o deputado que também cobrou a elevação no valor do benefício para R$ 600 e que o programa seja permanente.

Segundo Guimarães, o valor proposto pelo governo não é suficiente para repor a inflação dos últimos anos.

Matéria alterada às 16h04 para inclusão de posicionamento do ministro da Cidadania, João RomaNotícia retirada do: https://www.tribunadosertao.com.br/2021/11/camara-aprova-texto-base-da-mp-que-cria-auxilio-brasil/#.YZ_2noHMMdw.whatsapp



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia