WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

uesb


 

thiago inacio

 

diego oliveira engenheiro

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  




 


marcus solla acougues angelica cidade jardim atuacao deputado fabricio


:: ‘Política’

PSOL VAI PEDIR CASSAÇÃO DE LUCIO VIEIRA LIMA

HOJE DIA 5/12/17 EM SALVADOR FOI JULGADO O RECURSO DAS CONTAS ELEITORAIS 2017 DO PREFEITO E VICE PREFEITO DE POÇÕES FOI REJEITADO POR 7X0

SEGUNDO BLOG DE POLITICAGEM FOI A CASAÇÃO MENTIRA FOI A PRESTAÇÃO DE CONTA DA CAMPANHA ELEITORAL QUE FOI JULGADO NÃO DA CASAÇÃO TEM MAIS DOIS PROCESSO PARA SEREM JULGADOS ESSES SIM PODEM DAR CASAÇÃO SE FOR CONDENADO[NÃO TRABALHAMOS COM POLITICAGEM E SIM COM A VERDADE]

“Eles vão ter que me engolir”, diz Lula em ato em Vitória

[

 Por: Gilberto Júnior / BNews Por: Folhapress

Dois dias após a divulgação de pesquisa Datafolha que o aponta na liderança da corrida presidencial em 2018, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou de bobagem a suposição de que pode não ser candidato na disputa.

“Como disse Zagallo, eles vão ter que me engolir”, disse, em referência a uma frase que ficou famosa na boca do ex-técnico da seleção Mário Jorge Lobo Zagallo.

Durante ato no centro de Vitória (ES), na noite desta segunda-feira (4), o petista afirmou: “Não fiquem com essa bobagem de que o Lula não será candidato, não. Vou ser candidato e vou ganhar as eleições”.

Um drone foi usado para detectar a ocorrência de manifestação antes que a comitiva chegasse ao ato.

Pouco antes de o petista assumir o microfone no ato, o presidente da CUT, Vagner Freitas, citou a pesquisa Datafolha para dizer que há uma tentativa de impedir a candidatura do ex-presidente. “Eleição sem Lula é golpe”, discursou.

Ao pé do palco, o coordenador das Caravanas de Lula e vice-presidente do PT, Marcio Macedo, disse que os números da pesquisa, somado às consultas encomendadas pelo partido, consolidam a candidatura do ex-presidente, algo irrevogável, segundo ele.

Em seu primeiro discurso após a divulgação da pesquisa, o ex-presidente também lembrou ter lançado, durante a disputa presidencial de 2002, uma carta aos brasileiros em uma tentativa de tranquilizar o mercado quanto a riscos de sobressalto na economia. E acrescentou: “Quero voltar a ser Lulinha paz e amor”.

Mais uma vez, Lula disse não depender do apoio do mercado, afirmando também que os empresários e banqueiros foram beneficiados em seu governo.

“O mercado vai precisar muito mais de mim do que eu deles”, disse.

Em seu discurso, Lula ironizou o desempenho do presidente Michel Temer nas pesquisas de opinião. Afirmou que o peemedebista terminará seu mandato, que disse ter conquistado via golpe, “devendo ao Datafolha e ao Ibope”.
Temer, de acordo com o Datafolha, é rejeitado por 71%, uma variação de dois pontos para baixo do registrado em setembro, dentro da margem de erro.

Sem citar o nome do prefeito de São Paulo,João Doria, Lula afirmou que o Brasil não está precisando de um gestor, “como se fosse uma oficina mecânica”, mas de alguém que entenda do país. Também afirmou que não tem vergonha de ser político, nem de seu partido.

CARAVANA

O discurso de Lula marcou a abertura de sua caravana pelos Estados do Espírito Santo e do Rio de Janeiro. De Vitória, Lula seguirá até Campos, Maricá, Nova Iguaçu e Rio, passando por Cariacica.

Manifestantes chegaram a levar um trio elétrico ao aeroporto onde Lula era esperando por apoiadores. Mas, em menor número, se retiraram logo depois.

Deputados rechaçam tentativa de apoio de Neto para destravar empréstimo do Estado

[Deputados rechaçam tentativa de apoio de Neto para destravar empréstimo do Estado]

04 de Dezembro de 2017 às 20:43 Por: Vagner Souza Por: Victor Pinto

Os deputados Joseildo Ramos (PT) e Rosemberg Pinto (PT) rechaçaram o aceno feito pelo prefeito ACM Neto (DEM) na tentativa de, junto com o governador Rui Costa (PT), buscar solução para o impasse do empréstimo de R$ 600 milhões engessados em Brasília. Aliados de Rui acusam o Neto como principal articulador do impasse.

Líder do PT na Assembleia Legislativa, Joseildo desconfiou do gesto, que, para ele, considera uma iminente vitória de Rui na justiça. “Parece que, enfim, a ficha caiu. Neto tenta criar dificuldade para vender facilidade, mas no fundo sabe que a justiça dará ganho de causa ao governo da Bahia. Assim como no caso da integração ao metrô, recua porque tem consciência que o povo da Bahia não pode ficar refém desse oportunismo baixo e não tolera mais esse tipo de perseguição. De qualquer forma, melhor um arrependimento tarde do que nunca”, declarou.

Para Rosemberg, o que o prefeito tem feito é um “jogo de cena”.  “Se ele quisesse ajudar, não teria atrapalhado, pois todos comentam que quem atrapalhou foi o DEM e ele como um filiado se quisesse ajudar, já poderia ajudar. É um jogo de cena. Se ele quer ajudar, ele sabe mais os caminhos para o auxílio do que Rui e Wagner. Ele deve ter a senha para resolver o problema”.

Rui critica Herzem Gusmão por supostamente condicionar recebimento de policlínica: mesquinharia

[ Rui critica Herzem Gusmão por supostamente condicionar recebimento de policlínica: mesquinharia]Durante assinatura da ordem de serviço para a construção do Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas, na manhã desta sexta-feira, o governador Rui Costa (PT) criticou o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), que teria condicionado o recebimento da policlínica à possibilidade de indicar o diretor do consórcio.

“Eu que estou colocando R$24 milhões não estou indicando, quanto mais um prefeito dizer à cidade que só terá policlínica se ele indicar o diretor. É muita mesquinharia. Coisa de gente que não gosta de gente e que não sei por que está na política”, disparou. Rui trouxe o assunto em seu discurso e emendou: “Deveria dizer que aceita porque é para atender a população”

Marina Silva oficializa candidatura à Presidência da República Ex-ministra do Meio Ambiente estará no páreo pela terceira vez consecutiva

© Nacho Doce/Reuters

Rede oficializou neste sábado (2) o nome de Marina Silva como pré-candidata à Presidência da República. Será a terceira candidatura da ex-ministra do Meio Ambiente, que ficou na terceira colocação tanto em 2010, com 19 milhões de votos, quanto em 2014, com 22 milhões.


Em carta lida na reunião do partido ocorrida há pouco, a Rede teceu críticas às reformas do governo Temer.

“Não aceitamos mais como regra da ação política o conluio que coloca o patrimônio de toda a sociedade a serviço de interesses individuais ou de grupos. Sem falar daqueles que assaltaram – e dos que continuam assaltando – os cofres públicos para enriquecimento próprio ou para irrigar seus projetos de poder, e que, com impressionante cinismo, falam hoje em ‘reformas imprescindíveis’ para ‘salvar o país’”, diz o texto.

DataFolha: Lula cresce mais e lidera eleição em todos os cenários Em nova pesquisa, ex-presidente se consolida na liderança, ampliando vantagem sobre adversários no 2º turno

Foto: Ricardo Stuckert

A liderança de Lula na preferência do eleitorado continua alta, comprova a última pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (2). A opção pelo ex-presidente se mostra cada vez mais sólida nas pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018, crescendo nas simulações de segundo turno contra todos os adversários testados.

Nos cenários de primeiro turno, Lula mostra liderança de até 37% das intenções de voto, o que significa um crescimento de pelo menos 7 pontos percentuais em relação à medição realizada pelo mesmo instituto em junho, quando o ex-presidente alcançava 30% das intenções. Ou seja, mesmo após a condenação injusta e sem provas pelo juiz Sérgio Moro, em julho, Lula continua a crescer aos olhos do eleitorado..

Foram realizadas 2.765 entrevistas pelo instituto em 192 cidades do país entre os dias de 29 e 30 de novembro. Os resultados apresentam margem de erro de dois pontos para cima ou para baixo.

Crescimento em todos os cenários do segundo turno

De acordo com o Datafolha, Lula venceria todas as simulações de segundo turno. Os números apresentados nas situações sugeridas de segundo turno foram: contra Alckmin, Lula venceria por 52% a 30%. Contra Marina, 48% a 35% e contra Bolsonaro 51% a 33%.

Os números a favor do ex-presidente mostram que seu legado resiste às agressões cometidas contra ele, além de comprovarem também uma resistência da população frente ao desmonte de direitos que a população sofre sob o governo Temer, que se utiliza de medidas que trazem somente retrocesso ao país, sendo fortemente denunciadas e renegadas por Lula.

Antônio Brito diz que “pesquisa é mutável” e aposta em reeleição de Rui

[ Antônio Brito diz que “pesquisa é mutável” e aposta em reeleição de Rui]Durante o último encontro regional do PSD, realizado na tarde deste sábado (2) em Santo Antônio de Jesus, o deputado federal Antônio Brito (PSD) minimizou a pesquisa de intenção de votos divulgada nesta semana, em que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) continua à frente do governador Rui Costa (PT). Para o pessedista, pesquisa é apenas “um sinal” do momento e Rui, apesar da desvantagem, deve se reeleger com tranquilidade.

“Pesquisa é um sinal do momento. O que importa é o ânimo das pessoas que estão com o senador Otto Alencar e com o governador Rui Costa. Estamos muito animados. Pesquisa é mutável, e mutável é algo muito bom para o governador”, avaliou.

Brito também falou sobre a reforma da Previdência em tramitação na Câmara dos Deputados, reiterando seu posicionamento contrário. “Esse texto nem clareza tem. Votei contra a reforma trabalhista e votarei contra a da Previdência”, acrescentou.

Vandalismo- pincharam a placa de Bolsonaro que está no centro da cidade poções -ba

[fotopoçoes24hs]

Presidência da República gasta quase R$ 1 milhão em “salgadinhos”

ISTOCK

Nos últimos quatro anos, o governo federal gastou quase R$ 1 milhão em lanches para eventos corporativos ligados à Presidência da República. Os dados foram obtidos pelo Metrópoles, via Lei de Acesso à Informação. A maior despesa registrada, entre 2014 e 2017, é referente à 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, realizada de 3 a 6 de novembro de 2015. Na ocasião, o governo pagou R$ 543.750 pela comida servida aos 2 mil convidados – um custo médio de R$ 250 por pessoa.

Segundo consta no site oficial da Presidência, “a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, cujo lema era ‘Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar’, foi um evento estratégico entre iniciativas para se atingir as metas de erradicação da extrema pobreza no país.”

Já no XVI Seminário Internacional de Ética na Gestão, em 22 e 23 de outubro de 2015, o lanche custou R$ 33.600. O cardápio não foi divulgado pela Presidência, mas, em geral, em ocasiões dessa natureza, é de praxe servir salgadinhos simples, como enroladinho de queijo e coxinha, ou um almoço modesto. No ano seguinte, o mesmo evento recebeu verba de R$ 28.000.

Um encontro descrito apenas como “almoço oficial” custou R$ 13 mil aos cofres públicos em 2016. No mesmo ano, a Presidência desembolsou R$ 27.000 em outro “almoço oficial”, dessa vez no Palácio do Jaburu – residência oficial do vice-presidente e endereço mantido por Michel Temer (PMDB-SP) após assumir o comando do Executivo federal. O coffee break para quem participou do Programa de Desenvolvimento em Liderança para Servidores custou R$ 14.280 ao contribuinte.
Somando os gastos dos últimos anos, a conta totaliza R$ 959.838 (confira abaixo). Eles não incluem eventos dos ministérios nem almoços e jantares da Presidência com parlamentares e chefes de Estado, por exemplo. Nesses casos, as refeições são preparadas pela cozinha dos palácios – informou o Planalto.

Questão de segurança

Na relação enviada pela Presidência ao Metrópoles, não aparecem os gastos registrados no cartão de pagamento do governo federal (considerados sigilosos), por “questões de segurança”. O cartão pode ser usado, por exemplo, para pagar contas como a feita em 19 de março de 2017, quando Michel Temer levou embaixadores a uma churrascaria em Brasília.

A operação Carne Fraca, da Polícia Federal, havia denunciado a venda de carne adulterada e estragada por empresas brasileiras e o presidente tentava limpar a imagem dos produtos para exportação diante dos visitantes. O restaurante, porém, informou à imprensa que não servia carnes nacionais, mas depois recuou. O jantar custou mais de R$ 13 mil e incluiu vinhos e caipirinhas.

natal barrigas 2017

 

point do acai

 

rede construir

 

vereador eduardo do sindicato

 

ciro leto

 

clinica ima corpus

 

pocoes cell

 

acougues angelica

 

j guilherme







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia